quinta-feira, dezembro 24, 2009

17 dias de operada e um feliz natal

Essa terceira semana de pós-operatório tem sido meio esquisitinha... tenho sentido algumas dores e dificuldade em engolir as coisas... acho estranho porque no cmeço nao senti praticamente nada.

Também estou com dificuldade de tomar os 200ml de sopa que preciso tomar. Tenho tomado 150ml chorando, ontem mesmo devo ter conseguido menos de 100ml.

Essa semana também comecei com a proteína que tem um gostinho terrível e também com o polivitaminico enfervecente, que vou te contar... é horrível.

E calma que tem mais reclamaçao...
Ontem eu tomei a minha primeira injeção de B12, realmente dói, mas nao tanto quanto eu imaginava, a dor é só na hora e bem rapidinha, o meu problema foi que uns 4min depois da injeçao eu tive MUITA vontade de vomitar, mas passou rápido.

Essa semana tem sido o ó. Muito enjooada, ja cansei do sabor das sopas e estou desanimada como falei no post anterior.

A unica coisa boa foi que dei uma saidinha com uns amigos e consegui me divertir, vi um filminho e acompanhei a galera num restaurante que pretendo voltar assim que puder comer alguma coisa digna. Nao passei fome e nem fiquei com vontade de nada, mas achei os pratos lindos.

E assim segue...
Eu gosto mto de natal, mas esse eu ando mto triste com lembranças ruins e uma porçao de coisas chatas de pensar... mas espero que tudo melhore.

Felicidade a todas vcs.
bjo grande

segunda-feira, dezembro 21, 2009

Depressao pós cirurgia ?

Hj é dia de consulta com o cirurgião, mas nao devo me pesar. Acho que só vou me pesar amanhã que tenho consulta com a nutricionista.

Estou triste...
Tem uns 5 dias que estou muito triste, sei que depre e tristeza sao coisas diferentes, mas sei que essa tristeza aqui tá estranha. Muito estranha. Eu se quer sei explicar oque ando sentindo.

Eu nao sinto nada diferente em mim, nao sinto que emagreci, nao sinto nada melhor... nada.
Ok, meu pé está menor... só isso. nao sinto nada, nao sinto forças, nao sinto animo nenhum, nao sinto vontade de fazer nada, só sinto vontade de dormir o dia inteiro e pensar um zilhao de coisas.

Nao.. nao estou almejando resultados inacreditaveis nos meus primeiros 15 dias de operada... acho que ate estou perdendo peso bem...

eu nao sei explicar...
mas é mto ruim oque ando sentindo.

quarta-feira, dezembro 16, 2009

Balanço dos 9 dias de operada

Os primeiros 7 dias são realmente chatos... eu mesma não aguento mais ter que beber chá ou gatorade e estou quase mandando a água de coco para os quintos do inferno. Não aguento mais, até o cheiro me da nojo. E vou repetir, sempre fui muito fã de agua de coco e chás.

O que me salvou mesmo foi que nesta última segunda-feira fui liberada para os caldos de sopa. Só de ter alguma coisa com sal na minha boca me deixou mais feliz, mas sei que meu romance vai acabar rapidinho, devo enjoar logo. Na próxima segunda começo com as sopas liquidificadas e peneiradas, espero que isso me segure um pouco mais.

A dieta dessa semana é caldo da sopa coado, quase transparente, chás, agua de coco, gatorade e gelatina mas eu dispensei o gatorade, não tava dando mais. A gelatina depois que eu operei parece um saco de açucar de tão doce, dá um trem ruim, mas pelo menos é algo quase mastigável, hoje vou trocar o sabor para ver se melhora.

Na ultima consulta que tive com o cirurgião e a nutricionista eu ate fiquei mais animadinha, porque tirando o fato do meu pé e dedos das mãos estarem bem mais fininhos eu nao estava sentindo emagrecer nada, mas.... eu já perdi 5,5kg na primeira semana de operada, num total de 7,5kg junto com a dieta pré-operatória. Fiquei satisfeitíssima.

Já sai da casa dos cem... nem acredito. estou com exatos 95,5 kg.
A última vez que tive esse peso foi em Fevereiro de 2008.

Acho que meu rosto deu uma afinadinha, meu pescoço está timidamente dizendo "eu existo e logo vou aparecer".

Eu acho que no geral to bem, estou fraca, um pouco enjooada, me deu ansia de vomito um dia desses, mas nao cheguei a passar mal, to com muita caimbra, mas nao sinto dor nenhuma, a dor na hora de engolir os alimentos ja nao sinto. só me incomoda um pouco quando ele chega no estomago, da uma dorzinha fraca, mas nada demais.

É isso, espero que nos próximos dias as coisas melhorem.

sexta-feira, dezembro 11, 2009

3º e 4º dias de pós-operatório

Terceiro dia pós operatório

Ainda estou com medo de dar algum problema… acho que esse medo só vai sumir daqui muito tempo.

Eu to me sentindo mto bem até aqui, a dor no pescoço já sumiu e eu por incrível que pareça já estou conseguindo dormir de bruços.

Quando eu operei da vesícula, ha 3 anos, eu só consegui dormir de bruços uns 10 dias depois e eu operei tem só 3 dias.

Estou vivendo de Gatorade, água de coco e água nessas últimas 30horas e tem sido bem chatinho, o gosto mudou completamente e eu sempre fui muito fã de água de coco. Na hora de engolir incomoda um pouco, da uma dorzinha de leve, mas acredito que seja normal no começo.

Me receitaram um remédio todos os dias, mas eu esqueci o nome dele agora.

Quarto dia pós-operatório

To me sentindo muito fraca. Ontem a noite minha mãe me obrigou a ir na padaria com ela caminhando, pq todos do hospital falaram que andar era o segredo. Fiquei muito fraca.

Hoje acordei fraca também, bem fraca...

Meu intestino ta funcionando normalmente, estou sentindo algumas dores nas costelas e quando engulo algum liquido tb dói um pouco.

Ainda não estou sentido fome nenhuma, nem enjôos.

O remédio que eu estou tomando é o Nexium, foi super caro R$190,0 a caixa que dura 4 semanas, exatamente o período da dieta hardcore. Ele serve para a acidez do estomago, dores, irritações e mais um monte de coisas.

Sobre o blog, não se preocupem, eu vou continuar com ele.... alias vou mudar layout, talvez o domínio, enfim empolguei e como trabalho com isso acho justo investir um pouco. Mas mudanças só em janeiro e pode deixar eu aviso a todas por aqui e por e-mail.

Volto logo e obrigada por todos os comentários.

quarta-feira, dezembro 09, 2009

A minha cirurgia

Oie meninas!

Voltei.

Sem dor, já estou em casa e pronta para outra.

Mentira, não quero passar por outra cirurgia tão cedo. Mas foi tudo muito bem.

Minha cirurgia estava amrcada para as 8 da matina, cheguei no hospital as 6 da manhã por indicaçao da secretária, mas eu só fui pra sala de cirurgia às 11:40h. Conversei com a anestesista, com a instrumentadora e um dos cirurgiões. O meu cirurgião mesmo, eu nao vi não. Já tava apagada quando ele chegou.

Voltei para o quarto às 18h e na mesma hora me colocaram para andar e fazer exercícios de respiração, confesso que eu nao estava me sentindo muito bem nessa hora, mas horas depois eu ja estava zerada.

O dia seguinte foi bem tranquilo, mais fisioterapia e mesmo sem poder comer ou beber eu já nao sentia fome, mas tb vou confessar que estou morrendo de vontade de comer, mas fome eu nao estou sentindo.

Só hoje, o médico me deixou tomar água e já me deu alta, estou em casa vendo minha mae e meu irmao comendo, eu salivando de vontade mas me mantendo na água de coco, que devo confessar mudou totalmente o sabor depois que eu operei e infelizmente foi pra pior.

Em resumo....
Foram 55h de internação
5 horas entre a cirurgia e meu retorno ao quarto
Umas 4 visitas de fisioterapia
4 visitas dos 2 cirurgiões.

A única coisa que tá me incomodando muito é uma dor no pescoço de tanto eu forçar para levantar da cama. De resto to tranquila, sem gases por incrivel que pareça, sem dores, sem enjoo... nada. nem parece que eu operei.

Obrigada a todas, volto depois para contar mais.
Bjos

domingo, dezembro 06, 2009

Minha cirurgia é amanhã

Amanhã é o dia da minha cirurgia.

Tomei minha decisão definitiva em março/2009, são 8 meses de espera para esse dia. Comecei minha saga pré-operatória em Junho, quando marquei a visita a um cirurgião, conversei com minha família e alguns poucos conhecidos.

Leio blogs e sites sobre o tema há mais de um ano e isso me ajudou bastante a pesar os prós e contras de uma cirurgia como essa e enfim tomei minha decisão.

A saga até aqui não foi fácil, nem doce, nem divertida, mas com certeza foi importante, necessário e educativa. Acho que depois de tudo isso passei a ser uma pessoa mais determinada, decidida e afim de lutar pelo que eu quero.

Foram meses de consultas, km e km rodados por essa cidade atrás de endereços de consultórios, encarar o mau humor de muitos médicos, a incompetência de alguns profissionais de saúde e sobre tudo ouvir a opinião de pessoas muito mal informadas ou simplesmente estúpidas.

Foi constrangedor informar minha cirurgia a algumas pessoas e ser julgada por quem não quer entender a minha necessidade.

Foi duro enfrentar a reprovação dos meus parentes e tentar de alguma forma fazer com o que o quadro mudasse.

Triste ver algumas pessoas que deveriam se interessar pelo assunto simplesmente ignorar ou se afastar de mim.

Totalmente avassalador enfrentar 3 perícias com negativas de autorização da cirurgia e que no final deu tudo certo. Foi muito desgastante.

Mas

Tudo até aqui valeu apena.

Cresci, aprendi, pratiquei a paciência mais doque em qualquer época da minha vida e sim, posso dizer que amadureci como gente e conheci um pouco mais sobre meu corpo e minha cabecinha confusa.

Um dos meus primeiros posts aqui no blog eu escrevi que o pré operatório com certeza seria uma das partes principais dessa decisão, que era nele que eu iria refletir, relembrar fatos, enfrentar preconceitos e tudo mais. Todo esse caminho tem um motivo e nos resta é aprender com tudo oque for possível.

Vou operar às 8h do dia 07/12/09 por um cirurgião muito competente e por uma equipe de sucesso, desejo do fundo do meu coração que tudo saia bem e que eu retorne o mais breve possível para continuar contando sobre a minha gastroplastia.

O plano é me internar 2h antes da operação, a cirurgia deve levar 1:30h e vou ficar na sala de recuperação por mais 2h. De lá vou para o quarto e ficar internada por até 48h, isso tudo depende da avaliação do cirurgião

No período que eu estiver no hospital vou fazer jejum de 24h após operação, sendo que a hidratação será por soro.

Mas isso também pode mudar de paciente para paciente, tudo depende das decisões do
cirurgião.

Não estou tão ansiosa, nem nervosa. Apenas estou pensativa. Pensamentos negativos também surgem, mas nada avassalador. Estou consciente dos riscos, mas também de que estou nas mãos de uma boa equipe e que fiz tudo para que nesse dia ocorra tudo bem.

O importante é correr atrás da nossa felicidade, de correr atrás de uma qualidade de vida melhor, de ter a saúde e a auto estima recuperadas. Não usar a obesidade para se esconder ou para aceitar qualquer coisa.

Enfim... estou correndo atrás do meu melhor e isso ninguém pode me negar, nem eu mesma.
A todos que pensam sobre a possibilidade de fazer uma cirurgia como essa é muito importante se informar, procurar bons médicos, entender o processo do seu convênio, entender os riscos, fazer as coisas com calma se tiver que levar meses que leve. Seja atenciosa e responsável com suas escolhas.

Reflita sobre suas decisões e necessidades.

Ontem o dia foi arrastado, deveria ter feito bastante coisa, arrumado minha casa, organizado documentos, separado minha mochila para o hospital, mas eu não consegui fazer nada alem de deitar, ver filmes e pensar muito sobre tudo que vivi ate aqui... minhas recordações mais felizes e tristes. Tem passado um filme na minha mente nos últimos dias. Espero que muita coisa melhore daqui por diante.

Ainda tenho esse domingo para resolver tudo isso.

Não sei se volto ao blog antes de operar, mas fica aqui meu obrigada a todas as meninas que me ajudaram com informações e boas vibrações.

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Faltam 2 dias

Tá chegando...
Hj teve nutricionista, consulta rápida. Pesagem, orientaçoes para a semana da cirurgia e só.
To com o peso cravado em 101kg, ou seja a dieta maldita me fez perder só 2kg. =(

Amanha volto com um post enorme, as minhas orientacoes para a proxima semana e tudo mais.

Só to preocupada que ate agora ninguem me ligou pra falar o horario da internaçao. =(

*update - a moça ligou, minha cirurgia será às 8h da manhã*

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Faltam 3 dias

Mais 3 dias completos e eu opero.
Ainda nao sei o horário que deve acontecer a cirurgia no dia 07, mas nao estou tao ansiosa como imaginava.

Tenho tido uns pensamentos insanos de morte, de dor, de sequelas e tudo mais, mas nao tanto quanto eu imaginava.

Oque tá pegando mesmo é a fome. Tô com muita fome por causa da dieta pre-operatória e to com um peso enorme na consciencia de ter vacilado em alguns dias. =/

Amanhã tem uma prova de resistência, é a confraternização aqui do trabalho, a gente escolheu um rodizio de Foundi.... carne, batata e chocolate. E eu? Vou ficar na base da água de coco, mais uma vez. Senão fosse pelo amigo oculto eu não iria, porque to com fome mesmo!

Eu sei que depois da operação não vou ter essa fome insana, mas enquanto nao opero me resta escutar meu estomago roncando o dia inteiro.

Amanhã tem nutricionista e minhas últimas orientações para a cirurgia.

terça-feira, dezembro 01, 2009

O cheiro do bife

Aqui onde trabalho é costume almoçar na frente do PC. È muita correria para todo mundo e isso é quase uma tradição.

Hoje já acordei com o estomago pregado de tanta fome e decidi que na hora do almoço iria para casa tomar a sopa para não ficar passando vontade na frente de todo mundo que costuma pedir fastfood, china inbox, tudo que eu adoro.

Fui pra casa tomei minha água de coco e 200ml da sopa.
Quando vim embora passei na frente de outro apartamento e subiu aquele cheiro maldito de bife frito e feijão... Nossa eu quase bati naquela porta hahah.

Minha dieta pré-operatória não ta as mil maravilhas não... eu vacilei em alguns dias e ainda faltam 6 dias para enfrentar a fome maluca q estou sentindo.

Fico devendo as fotos do post anterior, a bateria acabou =/

domingo, novembro 29, 2009

Faltam 8 dias

Eu tenho que confessar que a dieta pré-operatória tem sido mais difícil doque eu imaginava. Viver de água de coco e água com gostinho fraco de legume não tá sendo suficiente para quem ainda não operou. Mas a partir de hoje nao tem mais como nao seguir a risca as orientaçoes pré cirurgicas.

Comecei uma faxina maluca na minha micro casa (eu moro em uma kit net minúscula), e eu desentulhei todas as roupas que eu nao entro há anos separei tudo para daqui alguns meses poder usar. As roupas atuais indigestas estao separadas para doar, eu nao aguento mais ver certas peças. Para se ter uma noçao eu tenho 6 calças jeans, e só consigo entrar em uma! É ridículo. Inclusive essa calça jeans se eu deixar ela sai andando sozinha.

Essa coisa com o jeans é tensa, esse único jeans que cabe em mim é masculino porque não conseguia achar um feminino que entrasse em mim de jeito nenhum.

Mas a minha faxina não tem só a ver com roupas. Eu to tirar tudo da minha micro casa que seja inútil, feio, velho ou que está apenas ocupando espaço. Hoje termino tudo.

Volto com fotos de todo o entulho que eu juntar.

quinta-feira, novembro 26, 2009

Curso pré-cirurgico

Hunf... me enganaram.

Falaram que era um curso de preparaçao de alimentos. Bom, não deixa de ser, mas também não era. Era mais uma revisão de toda a importância da dieta pré e pós operatória. Até gostei, mas como minha mãe fala a clínica do meu cirurgião é uma máquina de fazer dinheiro. Tudo se paga... e muito.

Mas depois que consegui a autorização da cirurgia tudo é festa. To super cansada, parece que o corpo relaxou da tensão e está em marcha lenta, é nessas horas que costuma aparecer uma gripezinha safada. Mas nada disso vou me cuidar direitinho esses 10 dias restantes.

Hoje as nutricionistas me deram uma lista de compras para a dieta, mas só vou comprar tudo nas vesperas da cirurgia.

Também fiz minha despedida gastronomica, porque acho que mereci. Comi MUITO sushi. A partir de amanhã começo a dieta pré-operatória.

quarta-feira, novembro 25, 2009

AUTORIZADA!

Aconteceu!
Não acredito ainda. A ficha tem caído de pouquinho. Mas não foi fácil nem indolor.

Acordei cedo, enfrentei o trânsito e o calor miserável que anda fazendo aqui. Cheguei na perita que GRAÇAS A DEUS foi aquela mais gente fina expliquei tudo pra ela, mostrei o novo laudo do psiquiatra, mas ela disse que não poderia deixar de exigir o laudo da outra endócrino, expliquei tudo, mas ela exigiu esse laudo e disse que se eu o levasse estaria td certo.

Sai da perícia indignada mais uma vez... puta da vida, chorei no carro, fui na endócrino q não queria me dar o laudo e chegando la eu falei que só sairia de lá com ele, claro que tudo na maior educação. Esperei por 2 horas ser atendida.

CONSEGUI O LAUDO!

Com todas as datas de todas as minha consultas nesses últimos anos inclusive com o meu peso em todas as datas.

A essa altura já era meio-dia e meu chefe desesperado me ligando para eu voltar pro trampo e terminar meu serviço, eu aguniada disse que faria hora extra mas que precisava resolver esse assunto ainda hoje.

Voltei na perita e ela enfim me deu um big OK, disse que essa endócrino era a médica pessoal dela e que nesse laudo ela confiava muito mais. Me liberou para a cirurgia e me encaminhou para todo o resto da papelada.

Já estou com o número da autorização e agora só falta ir ao hospital ver os tramites finais.

SÓ VOCÊS MENINAS, PARA ENTENDER A MINHA FELICIDADE E ALÍVIO DEPOIS DESSES MESES DE CONSULTAS, EXAMES, PALESTRAS, PESSOAS GROSSAS E EGOCENTRICAS CONSEGUI TER ESSA AUTORIZAÇÃO EM MÃOS.

A PARTIR DAQUI É TUDO POR MINHA CONTA E DO CIRURGIÃO...

UM GRANDE PASSO

AGORA SIM O ROCK VAI COMEÇAR.

OBRIGADA A TODAS, em especial a Fabíola, Cláudia SP, Cláudia BH, Itelba, Boo e tantas outras que escutaram tanta abobrinha e reclamação...

Estou muito feliz.
MUITO!

segunda-feira, novembro 23, 2009

Nada ainda...

É meninas,

A coisa está russa, afegã, somalí…

Como eu falei antes, a perita nova me pediu para refazer 2 laudos, o do psquiatra que eu já consegui e do endocrinologista que está de férias.

Acontece que eu frequentei por muitos anos uma outra endocrino e liguei para a secretaria dela confirmando minhas consultas durante os anos de 2003 a 2008. Fiquei de ligar hoje para falar ao telefone com a doutora, explicando porque eu quero esse documento dizendo que estive la naquelas datas… e a resposta da endocrino foi seca “não sou a favor dessa cirurgia, vou ver se posso dar esse laudo, mas acredito que não”. Eu insisti em dizer que se preciso eu marcaria uma consulta levando todos os 11 laudos e exames que ja tenho e parece que mesmo assim ela não vai dar. Ela não tem mais agenda para esse ano e me deixou numa lista de espera.

Pior… minha perícia é depois de amanhã.

Acho que vou com td que eu conseguir e ver oque a perita me diz… e enquanto isso sonhar com o laudo dessa endocrino.

Desculpe a ausência no blog de vcs... estou mals, além de td um colega faleceu na sexta... to meio assustada com td ainda.

sexta-feira, novembro 20, 2009

Os próximos dias

23/11– Ir a endocrino implorar por um encaixe p/ fazer um relatório verídico e totalmente alinhado as exigências do plano.
23/11 – Pegar um novo pedido de autorização de cirurgia com a secretária do cirurgião, com data de internação atualizada.
25/11 – Perícia
25/11 – Recomeço da dieta pré operatória
26/11 – Curso de preparação de alimentos
01/12 – Palestra do cirurgião
05/12 – Nutricionista verificar o peso e pegar a dieta pós cirurgia
07/12 – Cirurgia

quinta-feira, novembro 19, 2009

O resto do meu dia

É eu ainda to triste, mas um pouco anestesiada de tanta coisa dando errado agora nos finalmentes da minha saga pre-operatória.

Os últimos fatos são...

Consegui ir na consulta com o psiquiatra, tomei um belo chá de cadeira de 1h e meia para ficar 2,5 minutos sentada esperando ele reescrever o laudo com a inclusão da frase " livre de drogas ilícitas e alcoolismo". Incrível.

Ainda consegui uma tentativa de consulta na segunda-feira com uma antiga endocrinologista, nessa tentativa, por telefone, irei conversar com ela para ver se ela faz o relatório com TODAS as datas que estive no consultório dela entre os anos de 2004 e 2009. Conversando com a secretária e para minha felicidade ela descobriu que frequento a médica desde 2002 e que consta isso no sistema. Agora é esperar a endocrino voltar de um congresso e se ela nao me der o relatório é porque nao quer mesmo. A secretária ja adiantou que será necessária uma consulta, e vou desbancar R$200 por ela, já que o consultorio nao aceita mais meu convênio. Ainda nao é certeza que vou conseguir encaixe com ela, advinha só quando a criatura tem disponibilidade de agenda.... abril/2010. Vou esperar? Acho que não.

Com o decorrer de toda essa avalanche de coisas e negativas dos peritos do convênio, que parecem só pensar no caixa do plano de saúde, foi inevitável adiar a cirurgia...

Estou exausta, nao consigo me lembrar* quando fiquei assim psicologicamente e fisicamente e pra melhorar tudo meu carro deu um problema sinistro no freio quando eu ligo o ar condicionado. Meu carro acabou de completar 1 ano de vida... maravilha!

Queria hibernar...

Tão triste
Mto triste... mto triste


*Ps: Mentira eu lembro sim quando fiquei tao cansada, só que há 2 anos eu tento esquecer.


Autorizaçao negada... outra vez

É não foi dessa vez, outra vez...

To aqui triste e triste e triste...

Pelo menos a médica era gente boa, educada e paciente, a desculpa dessa vez foi que o laudo do meu endócrino nao especifica o período que eu fui atendida por ele anos e anos atrás... foi uma desculpa ridícula, como que o médico vai provar que eu estive lá 4, 3 ou 5 anos atrás?

Já liguei para o endócrino e a notícia nao seria pior, ele está de férias. E agora?


Outra desculpa da perícia foi que meu laudo psiquiátrico nao comprova que nao uso drogas... eu devo ter uma cara de dependente violenta. Meu laudo esta bonitinho dizendo que eu nao tenho problemas nenhum e estou com a saude mental OK.

Liguei para o psiquiatra e consegui marcar para ainda hoje.. pelo menos isso...


O plano agora é voltar na perícia ainda amanhã com tudo menos esse lance das datas do endócrino, vou explicar que ele está de férias... nao sei se vai adiantar alguma coisa...

A perita disse até que eu nao precisava marcar a perícia... era só chegar com esses documentos...

Vou fazer mais uma tentativa e ver se consigo operar ainda no dia 26/11, mas já nem sei de mais nada...

=(

quarta-feira, novembro 18, 2009

É amanhã...

Agora falta pouco, dormir, acordar BEM cedo, enfrentar congestionamentos clássicos da minha cidade e enfrentar mais um médico. O último. Então amanhã é o dia do martelo ser batido.

O monstro da perícia, aquele que a gente detona antes de passar pra próxima fase do mario world.

Tô mais confiante desta vez, até porque não há mais nada a fazer... é agora ou entrar na justiça e começar tudo denovo.

Então vamos lá...

terça-feira, novembro 17, 2009

Laudo do ortopedista

Então... fui lá buscar o laudo do ortopedista, o tanto de raio-x que eu tirei nao achou nenhum problema ósseo, mas confirmam alguns probleminhas. Pelo meu histórico e peso o médico me deu um laudo super completo cheio de nomes estranhos, que segundo ele estão de acordo com todo o meu histórico na clínica.

O laudo ficou lindo, o ortopedista nem leu o pedido do cirurgião e escreveu TUDO que o cirurgião escreveu, ele até riu... agora quero ver a desculpa para não me darem a autorizaçao no plano.

Minha perícia é dia 19, quinta-feira.

Nossa minha vida tá uma loucura e eu to com pouca vontade de resolver as coisas até ter a liberaçao desse convênio.

É trabalho que não acaba mais, mas vai dar tempo de fazer tudo...

segunda-feira, novembro 16, 2009

Segunda perícia antecipada...

Liguei no plano de saúde e implorei por um encaixe essa semana.

Por sorte quem me atendeu foi um moço muito simpático e atencioso. Não é tudo isso porque fez minha vontade, mas sim porque sempre q ele me atende eu noto que ele tem interesse em ajudar e resolver.

Ele me deu umas dicas, disse que o plano precisa autorizar a cirurgia pelo menos 5 dias antes do ato cirurgico porque é nesse período que há a liberação do equipamento da cirurgia e se eu realmente não tivesse conseguido esse encaixe...já era minha cirurgia! mesmo com a autorizaçao do plano, não daria tempo da liberaçao de equipamentos ao hospital e outros tramites.

Marquei com outra perita, nao sei se isso é bom ou ruim, mas era a única disponível. Tenho medo dela ser mais estúpida ou inventar mais alguma desculpa para nao me dar o laudo. Se for estupida eu nao sei se seguro minha onda mais uma vez.

Hoje eu fui pegar outro pedido do cirurgião porque o pedido dele já tinha vencido, aproveitei e pedi que alterasse meus dados de IMC que estavam arredondados para baixo, pedi que colocasse EXATAMENTE meu IMC que é 40,23.

Amanhã vou pegar o laudo do ortopedista e depois de amanhã vou madrugar para ir a perícia.


Programei todos os meus dias dessa semana para caso eu opere, nao há tempo nem de respirar.... muito trabalho pra terminar, muitas coisas para organizar...

Dessa vez estou mais confiante.

Como minha mãe falou, eles estão enrolando, mas dizer não parece improvável, senão já teriam falado.

Obesidade x Anorexia



Desde criança eu vejo reportagens na TV, nas revistas, nos jornais sobre anorexia. Vejo músicas de bandas que gosto como Silverchair falando sobre a doença. Novelas, filmes e seriados com personagens que sofrem do problema. E as celebridades? São várias as que sofrem e são expostas diariamente.

É um assunto que está ai na boca da mídia o tempo inteiro e dessa forma faz com que as pessoas sintam que a falta de alimentação é sim uma doença séria.

Quantas vezes já me peguei vendo fotos de meninas e meninos anoréxicos e me deu um aperto no coração, uma vontade de ajudar? Diversas. Quantas vezes eu me senti culpada por não conseguir ajudar uma ou outra amiga que se sentia mal em ter que comer.

Anorexia é uma doença séria, pode te levar a morte, problemas psicológicos sérios, fisicamente você fica um caco, mentalmente destruído, a recuperação lenta, dolorida. É tudo um processo longo e doloroso tanto para entrar quanto para sair da anorexia.

E a obesidade?

Porque a mídia, a sociedade e inclusive nós não tratamos como doença e com preocupação esse transtorno?

Porque quando vemos uma pessoa gorda pensamos como se aquilo fosse opcional, como se fosse uma culpa ou uma escolha.

Porque tratamos a anorexia como doença e a obesidade como opção?

Lembro de alguns famosos que ficaram obesos com o tempo como as revistas, os sites os criticam de forma tão negativa, como se ser obeso fosse até falta de caráter e quando uma celebridade aparece magra demais isso é visto com bons olhos ou certa preocupação, mas não culpa ou falta de vergonha na cara.

E se no surto de Britney Spears ela tivesse ficado anoréxica? Será que a carreira dela estaria tão em jogo como esteve quando ela esteve fora da silhueta desejada pelas capas de revista ou será que as capas de revistas estariam estampando as coisas como dor e sofrimento? Poderia citar diversas celebridades que foram massacradas por conta da obesidade e tantas outras que foram tratadas como doentes quando a doença era a anorexia.

Obesidade não é escolha...
Obesidade é uma doença...
Obesidade é uma doença séria, pode te levar a morte, problemas psicológicos sérios, fisicamente você fica um caco, mentalmente destruído, a recuperação lenta, dolorida. É tudo um processo longo doloroso tanto para entrar quando para sair da obesidade.

E se....

Por um milagre da medicina alguém inventasse uma cirurgia para a anorexia?
E se diversas pessoas pudessem deixar de sofrer tanto com a anorexia com o auxílio de um procedimento cirúrgico, acompanhamento psicológico e nutricional?
Será que isso seria tão mal visto quando é para o obeso?
Será que a burocracia seria tão grande quanto para o obeso?
Será que os planos de saúde dificultariam tanto o processo?

Porque essa diferença de julgamento em doenças tão iguais e tão diferentes?

sábado, novembro 14, 2009

Autorização negada

Sexta-feira 13, sai do meu serviço com um inacreditável otimismo, no caminho para a perícia fiquei pensando como disfarçar minha felicidade ou satisfação para o pessoal que trabalha comigo na hora que eu voltasse com a esperada boa notícia.

Quando cheguei no estacionamento da perícia eu parei um pouco dentro do carro e pensei… daqui a alguns minutos eu volto muito feliz aqui pra dentro.

Revisei os documentos da minha pasta e fui para o consultório.

Era uma médica...
Ela sentou lá na cadeira dela…
Explicou oque iria fazer…
Fez umas perguntas e………………………………. ai começou a palhaçada.

Toda pergunta que ela me fazia não me deixava responder, na minha primeira palavra de resposta ela me interrompia com um termo médico que eu não consegui decifrar.

Quando eu entendia alguma afirmação absurda eu questionava e ela ficava com muita raiva com um sutil toque de “eu sou a médica, você a paciente, cala a sua boca”.

Será que todo medico se sente assim? Por cima das pessoas? Deuses? Senhores de todo o saber?

Eu agüentei firme e forte o joguinho dela, de 11 laudos e vários exames que fiz, ela apenas olhou rapidamente 3 laudos e 1 único exame. Ela se quer olhou minha pasta enorme cheia de coisas que fiz nesses 5 meses.

Nos 3 laudos que ela leu meu IMC variou entre 39,5 e 40,2 e ela falou que isso não provava que eu precisava operar.

Quando eu respondi a ela que meu IMC estava com variação por conta dos diferentes lugares que fui pesada e em épocas diferentes, com uma diferença de 4 meses entre as pesagens seria normal eu ganhar ou perder literalmente 1 ou 2 quilos e que eu poderia me pesar naquele momento para ela ver quanto estou pesando.

Nessa hora ela surtou…

Ela disse que eu estava muito nervosa, que eu estava interrompendo ela. Eu só respondi com um “não estou nervosa, só estou esclarecendo uma indagação sua”.

Nesse momento ela saltou o olho pra cima de mim, e vou ser sincera … eu estava calma mesmo, se estivesse nervosa eu teria saído da sala na primeira frase que ouvi.

O único exame que ela olhou foi o de sangue, e ela falou que como não tenho colesterol alto e não sou diabética eu não preciso operar.

Ela falou diversas vezes e de diversas maneiras que eu não preciso operar.

Fez insinuações absurdas, a pior foi insinuar que eu não tinha aquele peso que estava nos laudos que ela viu e mesmo assim ela não me pesou na balança q estava o meu lado durante toda a perícia e que falei pra ela me pesar e comprovar.

Não uma insinuação, mas uma afirmação da médica foi que eu não sinto dor na coluna. Nessa hora eu quase me levantei, mas acho q fiquei meio fraca e meu olho começou a encher de lágrima pensando na dor insuportável q sinto quase todos os dias no joelho esquerdo e no lado esquerdo da minha lombar. E qual o direito daquela vaca em me chamar de mentirosa dizendo que não sinto dor?

Depois de todo o terrorismo, quando eu já estava com o pensamento longe a respeito de advogados conhecidos, pensando sobre como seria corrida a vida de entrar na justiça pelo meu direito ela falou assim...

Qual é a comorbidade que vc mais se sente afetada?
Mais uma vez fui responder e ela me interrompeu literalmente na primeira palavra...DOR.

E ela disse para eu procurar um laudo de um ortopedista para comprovar se eu realmente sinto dor, coisa q ela duvidava, e se eu sinto alguma dor para o laudo comprovar que minha perda de peso melhoraria isso. Ela também pediu que meu cirurgião refizesse o pedido dele com uma data mais próxima da cirurgia para não ter problemas burocráticos e remarcar a perícia mais uma vez.

Sai de lá arrasada, pensando como poderia jogar tanta coisa fora por causa de um único NÃO.
Mais uma vez pensei... eu não vou desistir agora que está tão perto por causa de uma médica estúpida e egocêntrica dessas.

Na saída do consultório tinha uma placa na porta do consultório escrita assim..
“nossa missão é oferecer suporte a saúde, promovendo uma maior qualidade de vida”

Eu ri...

Mais uma vez meu olho encheu de lágrima...

Tomei um copo d’água... e pensei comigo que não poderia parar e desistir ali.

Fui até a secretária marcar minha nova perícia e enquanto ela olhava a agenda eu pensei que ia dar um jeito de conseguir tudo oque na imaginação daquela babaca da perita faltava.

Ainda no estacionamento elaborei minha agenda, e fui direto atrás de um ortopedista, um médico ótimo que eu freqüento há mais de 8 anos por conta de DOR. Cheguei no consultório lotado e falei pra secretária que eu só iria sair de lá quando ela me arrumasse uma vaga ainda naquele dia.

4 horas depois...

Consegui minha consulta, o ortopedista foi muito gente boa comigo, lembrou de todo meu histórico de dor, lembro da minha mãe que ele operou há uns 4 anos e disse que minha decisão pela cirurgia era a melhor que eu poderia tomar e que ele ia fazer um laudo pra mim muito bem feito e que tudo daria certo, pra eu ficar tranqüila.

Meu retorno com ele ficou para amanhã. Também liguei para a secretária do meu cirurgião que vai providenciar o novo pedido.

Com essas 2 coisas em mãos volto para a pericia daqui 9 dias somente, faltando 3 dias para minha cirurgia.

Na teoria aquela vaca mal comida não vai ter motivos para não me dar autorização, mas sabe-se lá oque vai acontecer.

Recapitulando...

• Meu IMC atual é de 40,2.
• Tenho cerca de 9 comorbidades assinadas pelo meu cirurgião
• Tenho 11 laudos comprovando essas comorbidades e me atestando para a cirurgia
• TODOS os médicos e profissionais de saúde que freqüentei me recomendaram a cirurgia.
• Estou correndo atrás de exames, palestras e consultas há quase 6 meses.
• Tenho esse plano de saúde há quase 10 anos.
• Nunca fiz uma cirurgia por esse plano de saúde

Agora é aguardar mais 9 dias para a nova perícia.

sexta-feira, novembro 13, 2009

Perícia...

Não foi dessa vez...
A perícia negou minha autorizaçao...

Eu não desisti, mas no momento to curtindo minha tristeza...
Amanhã volto para contar tudo, ou não.

:(

quinta-feira, novembro 12, 2009

Minha perícia é amanhã

É amanhã o dia da pericia médica. To tão desanimada, pessimista e triste. Não deveria ser assim, eu deveria ter uma euforia e ansiedade profunda para meu grito de vitória, mas faz parte de mim esperar pelo pior, acho que por todo meu histórico nada sadio em relação a expectativas frustradas.

No fundo eu penso e quero pensar coisas boas, mas acho melhor pensar nisso só depois desse último obstáculo.
Por falar em obstáculo, o hospital que eu quero operar voltou com meu convênio médico, então esse obstáculo foi superado.

Eu acho que to sofrendo de insônia por ansiedade... super cansada, mas não consigo dormir direito.

Só falta mais isso.. a perícia e mais nada.

Todos os laudos prontos, IMC cravado em 40, plano de saúde ha quase 10 anos, liberação da minha empresa para me afastar, compromissos adiados ou concluídos... tudo certo... agora é aguardar e mais nada.

Se tudo der certo eu saio da perícia 20kg mais magra de tanta satisfação.

Eu fiz promessas...
Nada de coca-cola pra sempre.

quinta-feira, novembro 05, 2009

Nova nutricionista, calorimetria e bioimpedância

Hoje fui lá conhecer a nutricionista do cirurgião.

De todos os profissionais que consultei durante esses quase 5 meses essa foi a mais competente, paciente, detalhista e comprometida que conheci.

A consulta foi bem longa ela explicou minúcias sobre a minha nova dieta, os riscos, as limitações, as etapas e deixou ainda mais claro a importância de coisas que já conhecia.
Meu cirurgião, diferente da maioria dos cirurgiões, trabalha com a idéia da dieta líquida antes da cirurgia. Que eu conheça é o único que pede essa dieta e muita gente acha desnecessária, mas de acordo com o conhecimento dele e da equipe de nutricionistas com que ele trabalha essa é uma etapa importante para o sucesso da cirurgia.

A dieta dura os 15 dias antes da cirurgia, como eu não posso perder nenhum grama por causa da perícia eu só vou começar a dieta 13 dias antes da cirurgia.

Os 13 dias de dieta pré-operatória

Recebi minha dieta pré-operatória impressa e bem detalhada, os 13 dias serão de muita sopa, gelatina, leite de soja, água de coco e água, muita água.

Para eu não chegar na mesa de cirurgia desnutrida, nessa etapa eu já começo com o polivitamínico (centrum) 1x por dia e suplemento de proteína (bioprotein) 2x ao dia.

A dieta é bem hardcore para quem ainda não operou, não existe nada mastigável nesses 13 dias. Será difícil, mas se eu passar nessa perícia do plano de saúde eu agüento qualquer coisa por conta dessa cirurgia.

Além de receber todas as instruções eu fiz 2 exames, que eu considerei caríssimos e que meu plano não cobre, custaram cada um R$100,00.

Calorimetria

Um exame para calcular os índices de taxas metabólicas do seu corpo. Taxa metabólica é a quantidade diária de calorias consumidas para manter as funções vitais.

Para fazer o exame eu só precisei deitar, ficar bem relaxada e respirar com uma máscara de oxigênio ao som de uma musiquinha bem tranqüila durante uns 15min.

Já tinha feito esse exame 3 anos atrás e de lá pra cá nada mudou. Meu resultado foi metabolismo mais doque lento, quase parando. É como se meu corpo não estivesse acordado, meu organismo gasta pouquíssimas caloria para se manter vivo. Isso não é regra para todo obeso, alguém mais gordo doque eu poderia gastar mais ou menos calorias para sobreviver.

Bioimpedância

Esse é mais simples e muito mais bacana, na prática é só subir em uma balança e segurar 2 cabinhos durante uns 5min.

A bioimpedância é uma avaliação corporal que através de corrente elétrica avalia e calcula a quantidade de gordura, água, proteína, massa muscular, minerais , estimativa de massa óssea, relação de cintura-quadril etc etc etc etc...

Recomendo muito esse exame antes, durante e depois da cirurgia, da pra acompanhar bem a evolução, o laudo sai completinho mesmo.

Por incrível que pareça esse exame apesar de estar no limite da minha obesidade demonstrou que eu tenho muita massa muscular, tenho muito músculo, a nutricionista ficou espantada com a minha massa muscular, mas é de família isso, apesar de gorda sou bem forte.... acho que muito se deve aos anos que pratiquei MUITO esporte.

Pra finalizar o post imenso...

Então foi isso, agora é aguardar a próxima sexta-feira para, se Deus quiser, ter a liberação do plano de saúde e começar minha dieta pré-operatória.
Tendo a liberação do plano de saúde para a cirurgia os próximos passos são

  • Curso de preparação de alimentos dado pelas nutricionistas da minha equipe
  • Retorno da nutricionista para ver os resultados da dieta pré operatória
  • Cirurgia

Uffa que post grande!

Faltam 08 dias para a perícia
Faltam 20 dias para a cirurgia

domingo, novembro 01, 2009

Enquanto nada acontece...

Preparando um post imenso e cheio de fotos...
Nao sei se ainda vou postar foto minha, mas talvez...

Faltam 13 dias para a perícia
Faltam 26 dias para a cirurgia

terça-feira, outubro 27, 2009

Não gente...

Nao meninas, eu ainda nao tenho aprovacao da perícia, o último post foi uma suposição hehe
bjs

Faltam 17 dias para a perícia
Faltam 30 dias para a cirurgia

bjs

segunda-feira, outubro 26, 2009

Falta 1 mês

Imagina que tudo deu certo com a perícia...
Que tudo deu certo em tudo...

E daqui 1 mês estarei entrando naquela salinha gelada cheia de gente uniformizada para me salvar dos problemas, das dores na coluna, do joelho... e do peso que carrego o tempo inteiro.

1 mês
31 dias


Espero que tudo realmente aconteça.

domingo, outubro 25, 2009

Outra data de cirurgia?

um pouco confusa...
um pouco triste
muito ansiosa...

sexta fiquei sabendo que o hospital que eu iria operar cancelou com meu convenio...
isso pode atrasar a cirurgia, porque vou precisar escolher outro hospital e provavelmente outra data. Mas quem sabe? talvez o plano volte com esse hospital. Segunda feir eu me informo direito como prosseguir.

Ainda estou com mto medo da pericia.... de nao aporvarem minha cirurgia...
Nao quero nem imaginar minha reaçao se isso acontecer.

Nao fui a ultima consulta da psico... e talvez eu realmente n volte nela, ela só me deixa aflita.

Um pouco ocupada, mas assim que tiver um tempo visito todas vcs, continuo lendo tudo, mas com pouco tempo de comentar os posts.

Bjos.

Faltam 19 dias para a perícia
Faltam 32 dias para a cirurgia

terça-feira, outubro 20, 2009

Terapia?

O tempo parece não andar...
Estou tentando ocupar meu dia e minha noite o máximo possível de alguma forma.
Ainda estou com dores fortes na curvinha da coluna... nossa... insuportável... estou sentada há 5min e já estou toda dolorida.

Mudando de assunto...
Estou tão desanimada com a terapia que já nem sei como lidar com a situação...
Queria desabafar...

Bom, resumidamente a psico tá me colocando muito medo na cirurgia, não em relação ao ato cirúrgico o qual ela apóia, mas ela está falando mal de muita gente da minha equipe multidisciplinar e eu estou achando isso um absurdo, uma falta de ética do caramba. Claro que ela tem que me alertar caso saiba alguma coisa errada, mas tdo q ela tem me falado não passa de boato, fofoca ou suposição. estou indignada com ela.

Além de tudo ela esta arriscando a própria carreira. E se eu fosse parente das pessoas? ou próxima ou ainda se eu só comentasse sobre isso a carreira dela com certeza estaria em risco.
Óbvio que não faria isso, mas um dia ela esbarra com uma doida que vai fazer.
Nossa... estou muito de cara.

Além de tudo eu já fiz 09 sessões de terapia com ela e eu já não tenho absolutamente nada para dizer, a última sessão eu fiquei la falando água pq n tinha nada pra contar de novo e nem ela me faz nenhuma pergunta que eu precisa refletir.

Acho a terapia essencial, já fiz muito na vida... mas sei lá, dessa vez não tá funcionando nem auxiliando em nada, mto pelo contrário, chego lá tranqüila e saio de la ou preocupada ou indignada com as atitudes e não sei como conviver com isso, se falo alguma coisa com ela se parto pra ignorância, já que deixei bem claro que confio em todos que estão cuidando de mim pra ela de forma enfática... mas n funciona não, sempre q tem a oportunidade fala mal das pessoas. Argh to com raiva.
De acordo com o convenio eu só tenho mais 2 sessoes disponíveis, acho q vou fazer essas e cair fora. E tem um agravante a psico não aceita mais o convenio e agora vou ter que pagar do bolso e o convenio só vai pagar 50% da consulta. Então talvez eu nem vá mais lá nela... ainda vou ter que pagar pra ficar pertubada?

faltam 23 dias para a perícia.
faltam 36 dias para a cirurgia.


PS: logo coloco os selinhos que já ganhei de vcs... bjs
Ps2: Tava relendo aqui o post do primeiro dia de consulta com a psico... nossa como minha opniao mudou.

sábado, outubro 17, 2009

Sonho, dor e vergonha

Essa noite tive meu primeiro sonho com todo esse processo de cirurgia.
Engraçado, já são quase 5 meses em busca de exames, laudos, perícias e só hoje fui sonhar com tudo isso.

O sonho era sobre meu cirurgião, não sei porque exatamente, mas eu tinha desistido dele e arrumado dinheiro para operar com meu antigo “futuro cirurgião”, no sonho eu também tinha que justificar minha cirurgia para todos os manda chuvas da minha empresa hahahaha e só eles poderiam me dar autorização ou não para ser operada. Foi um sonho um pouco tenso, não chegou a ser um pesadelo, mas ele foi um pouco incomodo. Acordei de madrugada meio perdida sem saber se aquilo tinha sido verdade ou não.

Bom, foi o primeiro sonho sobre o processo e é engraçado mas gostaria de sonhar mais com isso.
Tem três dias que estou com dor na coluna, a tal lombalgia. Uma dor intensa que começa na perna esquerda e vai até a metade das costas. Ë horrível. Já tinha meses que eu não sentia isso, e já são 3 dias inteiros com isso. Ontem foi o pior dia… eu não conseguia sentar ou ficar em pé por muito tempo… um desespero. Ainda mais no meio de engarrafamentos ou no trabalho. Dá um desespero.

Me entupi de dorflex e consegui levar o dia de alguma forma. Quando cheguei em casa passei o resto do tempo deitada.

Não sou burra, sei muito bem que é por causa do meu peso. Me sinto tão triste . Hoje e ontem precisei tomar remédio para conseguir dormir de tanta dor. Ainda não tinha acontecido isso comigo, não ao ponto de usar remédio para dormir.

É uma vergonha me deixar chegar a esse peso, sentir dificuldade de caminhar de tanta dor. Ter dificuldade em subir 2 lances de escada, não conseguir correr ou simplesmente passar o pano na casa sem respirar ofegante. Onde já se viu isso?

Nunca pesei tanto na minha vida inteira e nem nos meus mais tristes e desesperados pesadelos eu poderia imaginar que chegaria a 102kg.

quarta-feira, outubro 14, 2009

Mais um dia, menos um dia

É...
queria mto chegar aqui com mil boas notícias, mas preciso ser sincera, como prometi no primeiro post que agora esta oculto para os leitores.

nao estou nada bem.
nao estou tão esperançosa na perícia final do convênio.
sei que pensar coisas ruins atrai coisas ruins.

Talvez o motivo seja que meus ultimos meses tenham sido em funçao dessa cirurgia e acreditar que tudo vai acabar e enfim se resolver seja um sonho tao difícil e distante de se realizar que eu esteja duvidando tanto.

Deus sabe o quanto eu quero q isso tudo dê certo e o quanto estou me esforçando e me esforcei para fazer tudo certinho até aqui.


Faltam 28 dias para a perícia
Faltam 43 dias para a cirurgia

Mas como dizia o poeta... o tempo não para.

domingo, outubro 11, 2009

Ele nao quer saber...

Eu e meus causos...

Último dia 09 fez 4 meses de correria atrás de exames.
Essa semana deve ter feito 6 meses que anunciei a cirurgia para meu irmão do meio, eu sou a mais velha.

Gosto muito dele, mas temos personalidades totalmente diferentes... totalmente opostas em todos os sentidos. Hoje a gente se suporta e até dá pra ser gentil um com o outro ou se tolerar um pouco mais, mas até eu sair de casa mal podíamos nos olhar que saia fogo. Não nos odiamos, mas acho que durante um tempo isso chegou a ser um fato.

Apesar de tudo gosto muito dele e sei que ele gosta de mim. Nos momentos de desespero e problemas e tudo mais a gente se comporta verdadeiramente como irmãos.

É uma situação delicada, mas ultimamente eu diria que estável há uns 2 anos... nesse tempo acho que só discutimos umas 2 vezes, uma delas até foi forte, mas nada insuperável.
No final nos amamos e queremos o melhor um pro outro, mas isso não significa que temos a relação mais dócil.

Durante esses 6 meses em que avisei que estava interessada na cirurgia nunca falamos sobre ela, ele nunca me perguntou absolutamente nada sobre a cirurgia, sobre o procedimento, sobre nada. Nada. Nada. Nada.

As vezes que tentei conversar sobre isso ele não falou nada, nem nada, nem nada... nada.
Algumas pessoas totalmente detestáveis e descartáveis da minha vida sabem muito mais sobre isso doque meu irmão.

sábado, outubro 10, 2009

Contando.

32 dias para a perícia final.
47 dias para a cirurgia.

tô mais ansiosa pela perícia e com mais medo da perícia doque da cirurgia.

sexta-feira, outubro 09, 2009

Primeira etapa da pericia final

Liguei bem cedo para meu plano de saúde para saber como proceder em relaçao a autorizaçao da cirurgia. A informaçao era que eu precisava de dois laudos de pericia do convênio, um é o psicologico e o outro é o parecer final dado por um perito médico.

Como não precisava marcar a pericia psicologica e verificaçao da documentação eu já fui la no plano de saúde procurar ter esse resultado logo.

Tomei um belo chá de cadeira de 1:20h, mas no final fui muito bem atendida pelo médico perito, ele olhou meus laudos, me fez muitas perguntas sobre os laudos, no final deu uma enrolada como senao quisesse dar o parecer dele, cheguei até a levantar quase indo embora, mas quando eu estava levantando eu dei mais umas informaçoes e ele voltou atrás. Depois de muito conversar ele me deu a aprovaçao.

Na verdade ele queria um laudo da minha médica, a médica que me acompanha ha anos tratando da obesidade. Eu nao tenho esse laudo por vários motivos, o primeiro é que nao consegui consulta para esse ano com ela, segundo porque ela nao atende mais pelo meu plano de saúde. Acho que isso foi decisivo para que o perito me desse o laudo. Alem de tudo eu falei o nome dela completinho e ele conhecia a médica entao nao achou que era mentira minha... e realmente nao era.

No final das contas fiquei 2h na perícia e sai de lá com uma carta que eu diria que é 50% da minha autorizaçao final. Fiquei muito feliz, mas ainda nao to em paz, até ter a autorizaçao final eu nao sossego.

Para a autorizaçao final eu só posso agendar faltando 15 dias para a cirurgia, isso é regra do meu plano de saúde. Isso significa 32 dias de espera.

Com a carta que eu consegui hoje a autorizaçao em teoria esta bem fácil, mas nunca se sabe o humor do perito final. Como eu falei tive uma amiga que nao conseguiu e eu ainda estou bem receiosa, mas ja fiz simpatia, rezei, chorei, me animei... agora nao dá pra fazer mais nada, tudo que eu pude eu fiz e agora é esperar.

quinta-feira, outubro 08, 2009

Laudo do Psiquiatra + Consulta com Cirurgião

Psiquiatra me deu o laudo em 5min como eu ja suspeitava, o documento nao passa de linhas dizendo que nao uso drogas e que tenho plena saude mental para passar pela cirurgia. De lá fui direto para a consulta com o cirurgião com minha mãe. Minha mae está bem abalada com problemas que estamos passando em nossa familia, é visível, quase como se um sentimento pudesse ser tocado.

O cirurgião atrasou 1:40h, já com nervos a flor da pele por conta do atraso eu e minha mae entramos no consultório. Uma consulta normal salve o detalhe que nao poderei comentar aqui. A consulta foi muito boa tecnicamente, mas em outras questoes deixou a desejar. Se eu nao conhecesse um pouquinho sobre direito eu contaria com mais detalhes, mas eu conheço a lei e emitir minha opniao sobre alguém em meios publicos nao é lá muito inteligente. Digo sobre a personalidade e nao pelo profissionalismo que nao tenho doque me queixar em relaçao ao cirurgião.

O fato é que minha mãe saiu revoltada da consulta e com toda razão, eu já mais conformada porque já sabia oque iria acontecer.

Como meus exames estavam TODOS prontos a consulta foi mais detalhada, cada dado foi analisado e comentado pelo médico. Foi uma boa consulta, tecnicamente falando.

O bom da consulta é que saí de lá com …tchatchatchatchan… O DIA D.
Sim, eu estou com a cirurgia marcadíssima e um pedido horripilante de autorizaçao do convênio. Agora é isso, rezar muito e marcar a perícia do convênio e uma vez na minha vida ser otimista e acreditar que isso vai dar certo. Vou me esforçar. Quase impossivel eu ser otimista, mas estou tao feliz em ter uma data marcada que vou me esforçar.

O dia D será em 26 de novembro de 2009 e minha ansiedade está incontrolável, agora nao mais pela marcaçao, mas pela autorizaçao do convênio.

Só falta isso. Só esse obstáculo para eu enfim sossegar e deixar as coisas acontecerem.

Um detalhe importante é que eu engordei e meu IMC está cravadíssimo em 40. Espero nao emagrecer nenhuma grama até a perícia.

Depois dessa consulta fui para a psicoterapia. Dia cheio.

quarta-feira, outubro 07, 2009

Louca, eu? Consulta com Psiquiatra.

Cheguei naquele dia e fui direto pra minha cama deitar e chorar. E eu chorei, acho que acumulou algumas magoas e raivas que com certeza se relacionam com minha baixa auto-estima.

No dia seguinte liguei pra minha mãe que além de mãe entende tudo de direito, é uma nerd. Minha mãe tem OAB e o escambau. Nossa conversa demorou uns 15min e se resumiu em “fica calma, não seja tão ansiosa e nao sofra por antecedência”. Posso estar enganada, mas acho que se der merda ela nao vai me ajudar tanto assim. Espero profundamente estar enganada. Não quero pensar nisso agora senão começo a chorar. No geral eu não sou assim, mas ultimamente “qq beijo de novela me faz chorar”.

Hoje era dia de consulta e laudo do psiquiatra, liguei na clinica para confirmar o horário e a atendente disse que eu liguei la durante a semana cancelando a consulta. OQUE??????? EU????? Como eu ia cancelar uma consulta que fez atrasar todo o processo da cirurgia em pelo menos 15 dias? Estava esperando por essa consulta há mais de 30 dias. Nossa como eu briguei com essa mulher por telefone. Ela acha que eu sou louca só porque quero um atestado de um psiquiatra? Bom depois do barraco e 4 horas de espera e pelo menos 5 telefonemas eu consegui um encaixe para amanha. Se eu nao tivesse enchido tanto o saco dela minha consulta seria só dia 20/11. Só se eu fosse louca mesmo para esperar mais esse tanto de tempo.

Hoje fiquei mais tranquila… vou tentar ser menos pessimista sobre o plano de saúde.

Até porque eu acho que engordei e talvez ja esteja na casa do IMC 40. Eu nem faço idéia. A repulsa que estou de balança nao me encoraja a subir nela.
Mentira.. eu estou em panico e nao subi na balança porque estou com medo de ter emagrecido. É ridículo pensar nisso, mas é verdade. Eu nao posso emagrecer agora. Nao me peçam para engordar pq acho q meu corpo se recusa a engordar sob pressão.

Provavelmente se eu nao estivesse pensando em cirurgia eu ja tivesse chegado a 105kg. Mas sob tanta ansiedade e pressao eu sinto que estou emagrecendo. Será? O Normal há 26 anos é engordar, mas acho que estou emagrecendo de tanto nervosismo. Estou espantada com essa reação do meu organismo.

Amanhã eu finalmente vou conhecer meu cirurgião. Na verdade eu já o conheço de palestras, mas consulta eu ainda nao tive nenhuma. Estou esperando por essa há meses. Pra quem começou a ler o blog agora, eu mudei de cirurgião recentemente.
Então é isso...

Amanhã tenho psiquiatra, consulta com cirurgião e psicóloga.
Farei de tudo para sair da consulta do cirurgião com o pedido de autorização do convenio... não agüento mais esperar por isso.

segunda-feira, outubro 05, 2009

Desespero

Me bateu um desespero.

Quase entrei em pânico, mas acho que já estou sob controle. Pelo menos até chegar em casa e cair na minha cama.

Uma amiga que esta apenas há algumas semanas na minha frente em relação aos exame e consultas acaba de voltar da perícia do plano de saúde, que é o mesmo que o meu, não aprovou o pedido da cirurgia alegando que ela não esta correndo risco de vida para fazer a cirurgia.

Eu e essa minha amiga temos a mesma idade, mesmo plano de saúde o imc dela é 36 e o meu 39,5, ou seja somos muito parecidas fisicamente e a perita foi muito grossa com ela.

Nossa estou morrendo de medo. :(

Se estou assim imagina minha amiga.

quarta-feira, setembro 30, 2009

Laudo do pneumologista, Laudo da Psicóloga e Balanço de Setembro

Até que enfim chegou o dia do laudo do Pneumologista e da Psicóloga.

Primeiro eu vou falar da Psicóloga

Gosto demais dela, seria minha amiga facinho, tem uma linguagem bem apropriada, mas verdade seja dita ela está me deixando apavorada com certas coisas. Infelizmente eu não posso falar os motivos aqui. Eu vou levando, filtrando muitas coisas, tentando captar a essência da psicologia para meu caso, interpretando cada detalhe.

Hoje foi o quinto dia de consulta, dia dela me entregar o laudo e estou apta a cirurgia, aeee o/

Vou continuar com a terapia até o dia que der com ela, por conta do problema do plano de saúde e depois que minhas consultas pelo plano acabarem eu vejo oque eu faço.

Laudo do Pneumologista

Depois fui para a outra ponta da cidade (literalmente) e me encontrei com o pneumologista, mais um laudo pronto e apta a cirurgia. Nossa, inacreditavelmente o pneumologista conseguiu ser mais demorado para me dar o laudo doque a psicóloga. Precisei de 5 consultas com a psicóloga e 2 do pneumo para pegar o laudo.

Agora só está faltando o laudo da psiquiatra que vou encontrar no dia 7/10, e ai correr para a consulta do dia 09/10 com o cirurgião e ver qual o meu próximo passo, acredito que sejam: exame de sangue complementar e nutricionista do cirurgião. E só daí marcar a cirurgia e correr atrás da liberação do plano de saúde para a cirurgia bariátrica.

Para quem começou a acompanhar o blog agora, aqui na lateral direita do meu blog existe um tópico chamado “Agenda pré-operatória”e nela eu coloco todos os procedimentos que passei até aqui nessa caminhada cansativa, mas extremamente importante da gastroplastia. Não que sirva para todos vocês, mas é só para se ter uma noção de quantas coisas fiz até aqui.

Balanço de Setembro

Puta merda que mês cansativo. Zerei a kilometragem do carro esse mês para contar quanto eu andaria em setembro e a kilometragem chegou em 1.300km. Pra quem mora a 10km do trabalho esse numero é absurdo! Boa parte se deu as consultas que ficavam uma em cada canto da cidade... super corrido, cansativo, mas o fim do mês chegou e a sensação das coisas estarem caminhando enfim chegou.

Passei o mês inteiro com a sensação de estar lenta, de estar fazendo pouco pela cirurgia, mas agora que estou olhando minha agenda e vendo o tanto de coisa que fiz esse mês já me sinto bem. Me sinto dedicada a uma coisa como há quase 2 anos eu não fazia. É muito bom se sentir dedicada a minha felicidade. Eu sinceramente não lembro a quanto tempo não faço isso, ainda mais levando em consideração que os últimos 20 meses da minha vida eu só fiz lamentar, chorar e me maltratar por conta de coisas que eu não posso controlar.

Esse setembro já entrou na minha história, cada consulta, exame, inquietação, conversa, exaltação, estresse serão eternos na minha lembrança. Cada coisinha dessa foi e será sempre importante na minha trajetória do “daqui a frente”e por mais que eu tenha me chateado e reclamado eu estou bem contente com tudo até aqui.

Mas não vou dormir no ponto.. sei que os próximos 10 dias serão daqueles terríveis e tensos de tanta ansiedade para me encontrar com o novo cirurgião...

E vamos que vamos...
Vou fazer de tudo para ainda em outubro ter a famigerada data da cirurgia. Melhor ainda se for em outubro, já pensou?

domingo, setembro 27, 2009

Marília Gabriela entrevista Cirurgião Bariátrico.

Em tempo.
Um amigo me ligou sexta passada para dizer que hoje, domingo, na GNT a Marília Gabriela vai entrevistar um cirurgião bariátrico. O programa começa mais ou menos às 22h.

sexta-feira, setembro 25, 2009

Pausa para enlouquecer

Seis semanas tensas de consulta, em muitos dias tive 2 ou 3 consultas, uma correria imensa. Mas chega um momento, o que estou agora, em que não há muito oque fazer a não ser esperar.

As próximas três semanas eu tenho muito pouco a fazer em relação a cirurgia, apenas laudo da psicóloga, retorno do pneumologista e laudo da psiquiatra estão faltando, e o tempo entre as consultas é imenso para quem é recém saída de uma corrida como foram essas seis semanas passadas.

Estou aflita, entediada e ansiosa e sinais de desanimo, ou pior, sinais de pessimismo tem se espalhado na minha mente. Eu tento manter o pique lendo blogs, comprando revistas que falam sobre gastroplastia e R.A, estou vendo muitos filmes, seriados para desvirtuar os pensamentos. Mas não é tão fácil, eu tenho uma tendência ao desanimo que é desde a minha gestação... tenso.

Não desisti, estou desanimada, mas não desisti. Nesse tempo todo, desde que me convenci em fazer a cirurgia eu não desisti por nenhum momento, estou decidida, oque vem a minha mente são questões e hipóteses, mas certeza eu só tenho uma, eu vou operar. Nem que leve 2 anos eu vou operar.

Em relação ao fato do meu ouvido ter virado lixeira de gente preconceituosa e desinformada eu já estou mais sagaz e ao mesmo tempo mais relaxada. Cansada talvez e por isso eu filtre mais as coisas que ando ouvindo, mas isso tudo é um processo a gente não fica de boa a hora que quer, ms na hora que dá, por isso não se espante se um dia eu chegar neste blog e dizer que mandei todo mundo tomar no cu.

Por falar nisso...

Com o tempo a gente vai vendo que é mesmo a cobra perto da gente né? Tem uma pessoa que trabalha comigo super interessada no assunto da cirurgia, mas notei q ela só toca nesse assunto quando um Zé ruela preconceituoso e totalmente burro esta na sala. Com o tempo eu percebi que ela faz isso porque ao tocar no assunto o Zé ruela começa a falar asneira e eu me irrito muito e no final ela se satisfaz com a minha angustia. Bem psicopata né? Oportunista!

Ontem tive minha quarta consulta com a psicóloga, pra minha surpresa ela disse que a partir de outubro ela não vai mais aceitar meu convênio, isso quer dizer que eu teria que mudar de psicóloga ou pagar para essa e nem uma coisa nem outra será possível, primeiro porque a essa altura do campeonato se eu mudar de psicóloga seria atrasar no mínimo mais 1 mês todo o processo de laudos e depois porque não tenho nenhum centavo. Portanto eu não sei como a historia vai ficar, eu não quero ocupar minha mente perdida com isso e nesse momento, o que importa agora é que semana que vem ela me dá o laudo e ai depois eu vejo oque eu faço em relação a terapia.


Em relação ao tratamento do H.pylori que eu terminei a primeira parte na terça-feira passada, eu só posso resumir em alivio. Graças a Deus essa parte acabou e agora eu só preciso tomar 1 comprimido por dia até completar o tratamento. Já ouvi gente dizendo que talvez precise fazer uma nova endoscopia para saber se a bactéria foi eliminada, mas eu ACHO que não será o caso. Ainda preciso ver com meu novo cirurgião. Meu antigo cirurgião disse que não precisava, mas cada médico faz de um jeito.

Bom é isso, eu só devo voltar ao blog no dia 30 quando eu tiver o laudo da psicóloga e do f.d.p do pneumologista ai eu falo como foi com cada um deles.

segunda-feira, setembro 21, 2009

6° dia de tratamento H.pylori e Agenda

Nada de novo, ainda esperando as consultas finais, aguardando longos 18 dias para saber quais os próximos passos.

· 23/09 – Psicóloga – 4ª consulta
· 30/09 – Pneumologista – 2ª e última consulta
· 30/09 – Psicóloga – 5ª e última consulta para o laudo
· 07/10 – Psiquiatra – 1ª e única consulta
· 09/10 – Primeira consulta com novo cirurgião

O meu sexto dia de tratamento H.pylori vai péssimo. Hoje me deu desespero e quase me recusei a tomar o remédio. Mas voltei à seriedade da coisa. Tem que tomar, fazer oque? È péssimo, ms necessário.

Não sou muito de ter efeito colateral com remédio, mas esse tem me levado a todos. PQP!

sábado, setembro 19, 2009

4° dia de tratamento H.pylori + ansiedade + indignacao

Sobre o quarto dia de tratamento

O tratamento da maldita H.pylori está terrível. 
O primeiro dia é traumatizante porque vc imagina que a cada momento vc vai vomitar ou sair correndo apra o banheiro. Nao aconteceu isso, mas só a sensaçao mata a gente te agonia.

Os demais dias se resumem a muito enjoo, dor no estomago, dor no estomago, dor no estomago, um gosto terrível de remedio na boca que fica o dia inteiro mesmo depois de comer, escovar os dentes ou fazer simpatia hehe. É bem ruim. Sem falar nas idas ao banheiro, acho até que vou emagrecer por conta dos efeitos colaterais. Também tenho sentido insonia mesmo naqueles dias que estive muito cansada. Mas é isso, faltam 3 dias para o final da parte hardcore do tratamento, os demais 28 dias será mais ameno, assim espero.


Sobre a ansiedade 

Estou a flor da pele, estou agoniada, estou confusa... ansiosa. Não paro um segundo de pensar sobre a cirurgia, em querer fazer logo, em querer adiantar tudo o máximo que eu puder, em realizar logo minha vontade. Mas parece que quanto mais eu fico aflita mais demora. Estou nessa de exames, tratamentos, consultas há 4 meses, estou pra ficar louca. Sei que as coisas acontecem quando precisam e devem acontecer, mas eu n quero mais saber disso. Quero fazer logo essa cirugia.

Sobre absurdos

É vergonhosa a maneira como as pessoas que trabalham comigo tem se comportado ultimamente quando o assunto da cirurgia chega. São preconceituosas, sem noçao, sem vivencia, chego a dizer que sao quase sem alma, sem problemas, a vida delas só podem ser perfeitas. Estou cansada deles, dos comentários, da falsidade, dos conselhos, da pseudo inteligencia que eles tem sobre medicina. 

Eles são médicos?
Eles são cirurgiões?
Eles são gente?

Cada comentário eu me controlo mais e mais, mas conheço exatamente minha personalidade e ela está para explodir em relaçao a esse assunto. Estou me segurando para nao ser eu mesma nessas horas, estou bancando a lady, paciente e educada, quase tomando um chá com sorrisinho contornado por batom rosa barbie. Mas eu sei perfeitamente que nao sou assim e quando eu estourar, e eu vou, a coisa vai ficar feia.

Não preciso aguentar a ignorancia dos outros o tempo inteiro.



quinta-feira, setembro 17, 2009

Cardiologista, o retorno

Hoje foi o retorno do meu cardiologista, além dos resultados de teste de esforço e ecocardiogram. De acordo com ele está tudo ok, meu coração tá bem e apto para uma cirurgia. Recebi meu laudo cardiologico feliz e contente.

Aproveitei a ida ao setor hospitalar e retirei meus exames pedidos pelo meu pneumologista que só vou reencontrar daqui alguns dias (dia 30/09), por culpa dessa consulta a coisa aparentemente está mais lenta. Enquanto a maioria do pessoa consegue resolver tudo do peneumo em 1 semana eu estou há quase 2 diabolicos meses, ja que eu escolhi um hospital tao metido a ocupado. Pra ter uma ideia só o retorno sao 28 dias de espera.

Entao fazendo meu check list, está faltando laudo da psicologa, laudo da psiquiatra e do pneumologista. Aparentemente meu novo cirurgiao vai pedir alguns exames extras de sangue, fiquei sabendo atraves de pessoas que operaram com ele.

Falando nisso...
Uma amiga que esta alguns pouquissimos passos na minha frente e que tb vai operar já esta com a cirurgia agendada, entao tirando base nas coisas que ela esta passando dentro de 1 mes eu ja devo ter o famigerado dia D.

Vamos que vamos.

quarta-feira, setembro 16, 2009

Nutricionista + Psicóloga

Bom finalizando meu primeiro dia de tratamento do H.pylori, e posso dizer que o susto das primeiras horas passou quase que completo. Não tive nada alem de ânsia de vomito e barulhos tenebrosos na barriga, a sim… gases… minha barriga tá parecendo um balão. Já não era pequena a menina, agora nem imaginem.

O resto do dia foi cansativo, mas produtivo, terminei varias demandas no trampo e em seguida fui conhecer minha nova nutricionista e fiquei MUITO satisfeita, demorou muito mas encontrei a pessoa certa. Sabe do mais legal? Ela operou também, com outro cirurgião, que alias ela fez a maior propaganda do medico, tem 3 meses que ela fez a cirurgia e olhando assim eu não diria que ela tinha feito e não diria que ela algum dia foi gorda mórbida. Deve ser uma felicidade isso.

A nova nutricionista além de uma graça ela era meio hiperativa hahaha, super doidona, ágil… locona, não parava de falar. Gostei dela. Teve uma hora q ela levantou o vestido todo e ficou de calcinha pra me mostrar a cicatriz da cirurgia, me mostrou toda orgulhosa e eu toda assustada com a cena O.o hahahaha

No final da consulta ela já preparou uma big cartinha de laudo para fazer a cirurgia. Fiquei mega feliz porque achava que só receberia daqui umas semanas depois de alguma dieta que com certeza falharia mais uma vez.

Depois foi a vez na terceira consulta com a psicóloga, literalmente do outro lado da cidade. Foi normal, fiquei meio sem graça ao mostrar minha rotina gastronômica, minhas fraquezas alimentares (leia Mcdonalds) e toda a angustia que envolve a palavrinha comida.

No final do dia resolvi dar um tempo e fui ver um filme com um amigo.

As coisas caminham… dia sim dia não. Vou conseguir.

1° dia de tratamento do H.pylori

Quem lê esse blog sabe que eu estou com a tal de H.pylori.

Hoje comecei o tratamento que se resume em 7 dias da primeira etapa de mediação + 28 dias de medicação complementar. Esses 7 primeiros dias a gente precisa tomar 4 comprimidos ao acordar e 4 comprimidos antes de dormir. Eu só tomei os 4 primeiros e estou passando muito mal: ânsia de vomito, dor no estomago e algo me diz que a primeira coisa que eu comer (e eu preciso comer) vai me levar ao banheiro em segundos.

Talvez seja só o primeiro impacto do remédio, talvez amanhã eu já não sinta nenhum efeito. Vamos ver...

terça-feira, setembro 15, 2009

Hoje acordei confusa

Tinha muito tempo que eu não acordava com tanto cansaço mental e sono.
Não lembro dos meus sonhos dessa noite, mas fui dormir triste depois de ver um filme tão bobo, tão bobo que nem vou comentar qual era., mas era um filme de comédia, daqueles de mulherzinha, de final bem feliz.

Além disso ontem eu tive um pico de felicidade gratuita que foi morrendo depois das 19h que eu nem sei o motivo. Será que estou me tornando bipolar? Sei que hoje e ontem fui/sou pessoas diferentes.

(refletindo)

Acho que lembrei meu motivo agora, enquanto escrevo esse post. Acho que foi um post de um blog onde uma tia relatava a luta do sobrinho para fazer a cirurgia, mas que pouco tempo depois da cirurgia ele morreu por complicações. Ela relatou a vontade dele em ser aceito, das coisas que ele tinha deixado de fazer por conta da obesidade. Enfim aquela ânsia de mudança. Mas ai veio as complicações e deixou os sonhos apenas na lembrança. Deixou a angustia para a família... as dúvidas, as indagações.

E se der tudo errado?
E se eu sequer tentar?

Seria egoísmo lutar por alguma coisa que talvez só sirva pra mim?
E minha família?
E se der tudo absolutamente certo, mas no fundo tudo ficar igual?

E esses planos todos?
E esse esforço todo?
E essa ansiedade que parece corroer mais meu fígado que a gordurinha que tá alojada nele?

Já li muita gente dizendo que essa cirurgia é para casos extremos. Sou mesmo um caso extremo?

Hoje acordei confusa...
Sem estímulo, sem a mesma vontade de ontem, sem a mesma vontade de 3 meses atrás.

Talvez esse pré-operatório seja realmente bom para reflexões. Porque 3 meses atrás eu faria essa cirurgia sem questionamentos. Não que eu tenha desistido, mas tem dias como hoje que uma nuvem de perguntas me persegue.

domingo, setembro 13, 2009

Plano de saúde e minha ansiedade

Como já escrevi aqui outras vezes, eu dependo do plano de saúde para fazer a cirurgia bariátrica. Meu pai se prontificou a ajudar caso alguma coisa o plano não pague, mas eu tenho certeza que ele não pode bancar tudo sozinho e também não deixaria ele fazer isso. Afinal são R$25mil

Sempre tive plano de saúde da empresa do meu pai e da minha mãe, só que aos 24 anos eu perdi o plano de saúde porque essa é a idade limite para dependentes. Quando eu perdi o convênio eu fiquei desatenta a carteirinha do plano de saúde da minha mãe porque ela tinha uma data diferente então eu não me preocupei em renovar ate a data de vencimento da carteirinha, só que quando eu fui em uma consulta eu descobri que a carteirinha não valia mais. Nessa época eu não pensava em cirurgia bariátrica.

Acabei escolhendo pagar o plano de saúde ligada a empresa da minha mãe no início do ano de 2008. Escolhi porque tinha uma série de vantagens e descontos por eu ser ex-dependente. Esses dias eu li o contrato do plano de saúde e eu não consegui achar um termo de carência que seja considerado como gastroplastia. Dentre as carências maiores está gravidez que é de 300 dias, mas eu não encontrei nada que se pareça com gastroplastia. De qualquer forma eu tenho mais de 1 ano e meio de plano pago, mas as vezes eu leio em alguns blogs que para essa cirurgia os planos pedem 2 anos de carência, isso me deixa confusa e eu tenho medo de ligar para o plano e receber uma notícia ruim que só poderia operar em fevereiro ou março de 2010, acho que eu surtaria porque muitos exames e consultas teriam que ser refeitos.

Existe um item no contrato que diz que “operação de obesidade mórbida” é liberada. Só isso! Não fala de carência, exigências... nada.

Talvez porque o pedido de liberação do plano esteja se aproximando eu esteja ficando em pânico, talvez seja porque eu não tenha certeza que o plano vai liberar o pagamento, eu não sei exatamente o motivo mas estou muito preocupada com o plano de saúde. Acho que esse é o único problema que tenho para resolver no momento, mas ao mesmo tempo é o único que não posso resolver até o dia que o cirurgião me liberar para fazer a cirurgia.

Ainda tem essa coisa horrível do medo de ligar e perguntar as coisas e ter uma noticia ruim... só sei que estou numa agonia enorme.

Essa semana passei bem, a ansiedade deu uma trégua, mas ai hoje eu acordei numa aflição sem tamanho, uma vontade louca de adiantar tudo o máximo que eu puder, mas acontece que não tem mais oque fazer, as consultas estão agendadas, os exames estão todos prontos só falta ir buscar para os retornos dos médicos. A consulta com o novo cirurgião está marcada, não falta mais nada a não ser esperar e saber dos próximos passos.

O fato é que outubro completa 4 meses dessa agonia e parece que outubro não chega nunca. Além de tudo em outubro vão surgir mais compromissos de consultas e exames que eu nem sei quais serão.

Nossa essa coisa parece que não tem um dia para acabar e me darem logo a data que vou poder operar.

Eu espero que amanhã eu acorde tranqüila pq estou para quebrar tudo de tanta ansiedade.

sexta-feira, setembro 11, 2009

Ecocardiograma e Teste de esforço

De volta ao mundo dos médicos... aqui estou.
Acabei de chegar do exame de ecocardiograma e teste de esforço.
Deram uma atrasadinha, mas tudo bem foi bom ficar vendo tv e pensando na vida e na raiva que passei mais cedo no trabalho.

O teste de ecocardiograma foi o primeiro, nada demais. O Dr. que fez o exame era bem bonitão. Pegava fácil hehehe. Ele disse que tá tudo bem comigo, que o exame tava tudo ok e me desejou boa cirurgia, se ele soubesse o tanto de coisas que ainda faltam...

O teste da ergométrica veio logo em seguida e vou te falar, eu n queria fazer. Não queria ter a certeza que meu condicionamento físico está tão capenga. Quase morri naquela esteira, e eu que uns 2 ou 3 anos atrás CORRIA 5km quase todos os dias sem reclamar. Mas aguentei firme... consegui concluir o exame, mas botando os bofes para fora.

Os resultados oficiais só serão dados no retorno com o cardiologista que é na próxima semana, mas me adiantaram que está tudo OK. Amém.

Também peguei o resultado do raio-x mas não tive coragem de abrir, ainda estou deveras morta de cansaço. Esse final de semana será de muito filminho e cama.

quinta-feira, setembro 10, 2009

Futilidades não faz mal a ninguém

Há tempos queria fazer um post de modelinhos de roupas que vou dar uma investida feroz assim que sensato for. Não dá e nem preciso comprar roupas ate meus 75 futuros quilos.

Aliás, eu tenho TANTA roupa que me cabe entre 75 e 100 kg que eu só vou precisar comprar roupa daqui muito tempo. Um dia se eu criar coragem eu tiro foto das minhas 4 malas de roupas que tenho e não uso, muitas dessas com etiquetas e novinhas. Perdi muita roupa nos últimos 6 anos. A coisa boa é que elas são básicas, de certa procedência e estão bem guardadinhas. O ruim é ver aquelas malas me encarando todos os dias e falando “sua obesa”. Pior ainda é precisar usar farrapos porque me recuso a comprar roupas novas sendo que tenho tantas sem uso.




Vestidos

Só eu sei a dor de não poder usar vestido todos os dias. Eu amo e idolatro vestidos. Pra mim e acredito que pra muitos homens vestido é o símbolo mais feminino que existe. Não que eu leve tanta a opinião masculina a sério, mas sempre que usei um vestido bonito para um encontro com um cara eu digo que ahazei. Me senti bem, confortável e bem vestida. Mesmo gordinha eu uso vestido, mas é bem difícil comprar pronto, normalmente eu mando fazer para eventos especiais, oque deixa a coisa toda mais complexa e demorada. Então tá decidido vou me entupir de vestidos que não posso ou não tenho como usar agora.

Saias
Outra coisa que não deixo de usar é saia, acho essencial ter uma saia preta e jeans, obesidade não deveria atrapalhar nessas coisas, mas eu sei que atrapalha princplamnete quando agente anda meio deprimida. Nos últimos 5 meses eu tenho evitado ao máximo de me arrumar, de me cuidar de tão complexada que estou ficando. O bom de perder peso vai ser substituir as saias só pretas pó estampadas, adoro. É feminino, divertido e combina com qualquer pessoa. Eu uso muito saia com meia calça escura dá uma disfarçada básica e alonga bastante.

Camisas
Uns 6 anos atrás era muita fácil me ver de camisa de botão, não que eu estivesse magra, mas eu ainda cabia legal em algumas. Hoje elas estão estocadas naquelas malas que comentei ali em cima. Sinto falta de usar.

Short
Tá ai uma coisa que ainda vou ter que usar e abusar. Esse é um item que eu não consigo me sentir bem e raramente vejo alguém fora do peso usando e quando tentam ficam bem esquisitinhos. Desculpa, mas não consigo ver alguém fora do peso usando short sem ficar bizarro. Muito menos bermuda. Vou usar muito quando tiver um peso legal.

É isso, e não sigam meu exemplo de ficar jogada as traças como estou... mesmo fora do seu peso dá pra usar coisas legais, se sentir bem com sua roupa com seu estilo.

Para provar isso fica a dica de um blog MUITO legal de uma moça linda e gorda. Aliás bem fofa ela, mas extremamente estilosa e bonita.



http://www.leblogdebigbeauty.com/

quarta-feira, setembro 09, 2009

Medo

Minha segunda sessão de terapia foi muito boa, desabafei um montão, mas com certo foco na coisa todo do peso extra que me acompanha. Cada dia que passa fico mais convencida que essa é minha saída…

Mas…

Acabei de ler um depoimento de uma moça que fez a cirurgia após a mãe falecer decorrente a problemas de obesidade. Ela fez a cirurgia ficou bem, perdeu muito peso e em seguida a irmã faria a cirurgia… a irmã acabou falecendo por embolia.

Embolia…
Tá ai um nome que me dói o coração.

As vezes acho que operar com meu peso chega a ser exagero. Estou “só” 42Kg acima do meu peso normal. Vejo esses casos de pessoas com excessos de 100kg, 70kg um pouco mais um pouco menos e acho que não tenho motivos o suficiente para operar mesmo meu IMC dizendo que estou a gramas de me tornar uma obesa mórbida. Surgem dúvidas e medos.

Aliás quem não tem seus medos? Eu tenho e tenho tantos.
Mas mesmo com tantos e com essa confusão que está minha cabeça uma certeza eu tenho, as coisas não podem ficar como estão e eu não sei o motivo exato (ou sei) mas já são quase 2 anos que eu não consigo criar muita coragem pra tentar tudo que eu já tentei em termos de perda de peso. Cansei de dietas, cansei de gastar com formulas, com milagres com bom senso de entrar em uma academia.

Aquela empolgação de planejar uma nova dieta e tentar com vontade fazer a coisa acontecer eu não sinto mais. Eu não consigo mais.

Eu estou bem cansada de tentar... tentar e tentar e ao contrário de conseguir pelo menos melhorar toda a situação eu só consigo fazer piorar.

Dai eu lembro que sempre estive uns 10kg fora do meu patamar, e lembro que aos 76kg, já com 16kg fora do meu peso aceitável, a coisa começou a piorar e as dietas começaram. De lá pra cá cheguei aos 100kg.

Talvez, se o medo me consumir, daqui a 3 anos eu esteja com 130Kg e ache mais aceitável fazer uma cirurgia, mas ai tudo piora.... tudo fica mais complicado e já que me parece uma coisa inevitável pq eu deixaria o medo me consumir assim?

Porque deixaria o medo me fazer ficar 100, 70 quilos fora do ideal?
Porque correr mais riscos em função do medo?

Não posso desistir.
Por pior e maior o medo que por horas invade meus pensamentos eu não posso.

terça-feira, setembro 08, 2009

Meu novo cirurgião

Preciso confessar que muita gente me fez medo do meu novo cirurgiao. Não entendi muito o motivo, as pessoas falaram que ele era mais ríspido, direto… seco.
Hoje a noite eu fui lá na primeira palestra que eu teria com ele e o resultado foi…

ESCOLHI DEFINITIVAMENTE MEU NOVO CIRURGIÃO.

Tenho a consciência que uma palestras não é a mesma coisa que uma consulta, mas a palestra dele foi tão boa que não sobra mais dúvida sobre quem vai me operar, vai ser ele sim. Senti firmeza e compromisso na palavra dele de um tanto que só estando lá pra vcs entenderem. O cara é bão!

Queria deixar bem claro que o Dr. Lucas é ótimo, atencioso, competente, preocupado, inteligente, educado, gentil, profissional, e uma série de outras coisas boas e eu só decidi procurar outro cirurgião por causa do meu convênio médico e por nenhuma outra razão. Eu operaria com o Dr. Lucas agora, hoje e em qualquer tempo, mas surgiu esse contratempo e graças a Deus encontrei outro cirurgião competente.

A palestra não tem muita diferença em relação a palestra do Dr. Lucas, é basicamente a mesma coisa. O diferencial ficou nos depoimentos que alguns me fizeram engolir o choro de tão fortes.
Aliás o choro ainda ta preso na garganta eu acho que quando for dormir eu devo chorar horrores.

Ver esses depoimentos, ler esses depoimentos faz a gente acreditar mais na coisa toda. Dá uma força que nem dá pra descrever.

Hj eu cheguei em casa um pouco antes da palestra e fiquei um pouco desanimada com o andar dos exames e consultas que parecem não ter fim, mas ter ido a palestra me deu mais força de continuar com tudo.

Estou firme na decisão, mas tem dias cansativos como os de hoje que faz a gente repensar nesse estress todo. Mas pra que adiar uma coisa que será inevitável?

Eu não quero adiar se quer uma semana quanto mais o resto do ano...

A vida é curta de mais pra deixar pra amanhã.

Não desista. Não adie.

É bem chato saber que a minha primeira consulta com esse novo cirurgião é só daqui 1 mês, mas isso passa. Há de chegar o dia que vou deitar naquela maca gelada. Há de chegar o dia que estarei 42KG menos insatisfeita.

Amanhã tem psico.

Raio-x e Função Pulmonar

Fui fazer o exame de esforço pulmonar, acho que é esse o nome. O exame é indolor hehehe só é preciso assoprar algumas muuuitas vezes um caninho e a moça fica medindo a força e a quantidade de ar que vc precisa, depois ela te dá um bronco dilatador e repete o teste. Só isso.

Depois disso fui fazer o raio-x de abdome total e fim.

Oque eu fiquei indignada dessa vez?
Com os dois profissionais que tive contato hoje me senti um boi na fila de abatimento. As pessoas não tem sensibilidade para tratar ninguém. Tudo bem que estou com a saúde boa, não preciso de cuidados especiais, mas transformar isso em desculpa para pouco caso é vergonhoso vindo de alguém que trabalha com GENTE.

A moça do teste de esforço pulmonar chegou a gritar comigo porque errei a respiração 1x, quando dei meu olhar matador de ódio ela ficou sem graça.

O rapaz do raio-x se quer olhou para mim e quando pedi uma informação ele ignorou por completo.

Como eu disse eu estou em um estado de saúde bom, não preciso de ninguém me adulando, mas e cadê a sensibilidade das pessoas? Não custa nada ser gentil e educado com os outros ainda mais se tratando de ambientes hospitalares onde na teoria as pessoas estão ali para cuidar de você.

Não é questão de se fazer de vítima ou exagerar quando falo que sou mal atendida na maioria das clínicas que precisei ir. Acho que estamos chegando ao ápice do descaso com a saúde do nosso próximo.

Eu não me considero uma manteiga derretida, não quero que as pessoas me recepcione com trufas e flores, mas com educação e respeito sim e ta foda de encontrar isso, salve 3 consultas eu me senti muito mal atendida até aqui.

Repito....
Se você tem um bom médico conserve-o em local fresco, longe da luz solar e cuide com carinho
Fica a dica.

Hoje eu precisei remarcar a tão esperada consulta com o novo cirurgião, porque não ia dar conta de terminar todos os exames até o dia da consulta dele. =/

A luta continua.

segunda-feira, setembro 07, 2009

Tratamento H. Pylori

Eu me enganei em relação ao tratamento do H.pylori. Não são 7 dias, na verdade são 35 dias.
O remédio que eu devo começar a tomar no dia 14/09 é o PyloripacIBP e custa aproximadamente R$90. Pelo que eu entendi é uma caixa cheeeeia de remédios, pra se ter uma ideia por dia de tratamento são 8 comprimidos e a partir do oitavo dia 1 comprimido até completar 35 dias. Deus me ajude. Já ouvi dizer que esse remédio dá muita dor de barriga.

Como eu li a receita errada eu achei que fosse só 7 dias de tratamento e fui adiando e adiando e adiando... agora me lasquei, são 35 dias de tratamento e consequentemente mais tempo para definir a data da minha cirurgia. Xesus! Pra quem tá morrendo de ansiedade isso ai é a morte affemariah.

Alguém que lê esse blog fez tratamento do H pylori? Pode me dizer nos comentários se o piriri é forte ou lenda? hehehe

Amanhã volto com o relato do meu dia corrido, vou fazer:
  • Entregar urina para o laboratório
  • Raio-X
  • Teste de Função pulmonar
  • Buscar pedido de acompanhamento nutricional
  • Primeira palestra do meu novo cirurgiao que eu vou participar
Além de tudo isso preciso trabalhar pra caramba.................... ferrou.

sábado, setembro 05, 2009

10 coisas

No final da primeira consulta com essa nova psicóloga ela me deu um dever de casa que nada mais é que listar 10 coisas que eu gosto de fazer que nao se relacione com comida.

Quando peguei a folhinha para escrever eu pensei no quão bobo e fácil seria isso. Mas nao foi e nem está sendo. Estou encarando a folha há alguns minutos e já ia sair escrevendo 10 coisas simples e fáceis. Mas se eu for bem la no fundo de cada um desses tópicos a danada da comida está presente sim. Tem sempre comida oculta na vida de um gordinho.

Primeiro eu ia escrever "ir ao cinema", mas é claro um cineminha sempre cai bem... histórias fantáticas, eu mesmo gosto tanto de cinema que mantenho uma coleçao muito boa de DVDs, tenho mai de 600 títulos originais na minha microcasa. Mas a comida está lá. Todo filme, seriado ou saidinha para o cinema eu me entupo de algum fast food, alguma pipoca mega calórica, chocolate e princpalmente refrigerante.

Depois eu pensei em "sair com os amigos", passear, ir na casa de algum colega conversar, ir ao shopping, ir a um restaurante. A comida está SEMPRE de alguma forma inclusa.

Estou aqui raciocinando as 10 coisas que realmente eu goste e que NÃO se relacione de forma nenhuma com comida. É punk, mas é só abrir mais os olhos pra achar.

10 coisas que eu gosto de fazer que não envolvam comida de forma nenhuma:
  1. Sexo
  2. Fotografia
  3. Viajar *
  4. Desenhar
  5. Dormir sem preocupaçao com horários
  6. Tomar banhos bem demorados
  7. Compras
  8. Caminhar sem obrigaçao de emagrecer
  9. Dançar
  10. Nadar
* viagens sempre se relacionam com gastronomia, mas eu gosto de viagem ao ponto de ficar com a boca fechada. E toda viagem que eu faço eu emagreço muito do tanto que eu esqueço a comida.

E vocês oque gostam?

sexta-feira, setembro 04, 2009

Nova Psicóloga

Enfim tive uma boa consulta. Já passava da hora.

A nova psicóloga é uma fofa, gentil, comunicativa e não bocejou 4569x durante a sessão. Adorei! Super informada, interessada, profissional. Me alertou sobre diversas mutretagens que podem existir entre o convênio e os médicos, mutretagens que eu vou procurar me informar semana que vem, deu um medinho desagradável, mas já vi que nada vai ser simples, muito menos fácil nessa cirurgia.

Não posso nem falar sobre a mutretagem no blog porque vai que é apenas uma fofoca. Bom se rolar mesmo uma mutretagem eu nem sei a quantas vai ficar essa cirurgia quando, como, onde e com quem ela será feita.

A psicóloga pediu 5 sessões para dar o laudo, isso quer dizer que o laudo dela eu não vou ter para a primeira consulta com o meu novo cirurgiao, oque é uma pena, eu queria mesmo ter tudo pronto para essa consulta, mas não vai ser possível.

Ao sair do prédio dessa psicóloga uma garotinha olhou para minha pasta com a marca do consultório do Dr Lucas falou “olha mãe” , a mãe da garotinha me perguntou se eu ia operar e eu disse que sim, ela disse que operou com o Dr Lucas e estava ótima, já tinha perdido 20kg em 3 meses, conversamos bastante e ela disse que por problemas no convênio precisou pagar a cirurgia e eu perguntei a ela quanto custou e ela me falou um valor BEM alto. Fiquei até assustada com o valor que ela falou... porque eu tava sabendo de outro valor, vai ver esse outro valor é porque tenho o plano e na teoria o plano pagaria pelo menos a internação e algumas coisinhas. Só sei que fiquei confusa em relação ao valor da cirurgia.

Mas o saldo do dia foi positivo, a consulta foi boa, as informações apesar de assustadoras foram interessantes e de uma forma ou outra eu ficaria sabendo, melhor adiantar as coisas doque deixar pra saber em cima da hora.

No mais é isso, 3 dias de descanso agora no feriado, vai ser bom pra colocar ordem em algumas coisas.

quinta-feira, setembro 03, 2009

Um dia de folga, mas de atrocidades também

Hoje não teve consulta nenhuma, uffa. Primeiro e último respiro da semana. E ainda não teve muito trabalho e o transito, misteriosamente, estava mais tranqüilo. Já era tempo, deu pra dar uma relaxada. Tentei marcar 2 consultas pendentes, mas não consegui vaga ainda, era para psiquiatra e nutricionista.

Consegui agendar os exames do pneumologista e agora é aguardar que a semana que vem vai ser tão cheia quanto essa. To começando a acreditar que até a consulta com o novo cirurgiao (dia 30) tudo estará pronto.

Uma amiga disse que o pedido desse cirurgião tem 10 exames de sangue diferentes em relação ao o cirurgião que eu estava indo, como não tenho esse pedido de exame eu vou precisar esperar a consulta com ele, então nas minhas mais otimistas previsões na primeira semana de outubro estarei zerada de exames, laudos e consultas. Vamo que vamo.... tô correndo atrás desse prazo.

...

Hoje eu precisei almoçar na sala do serviço com um colega super gente fina, dividimos um sanduíche e um outro cara que trabalha comigo olhou pra mim e falou quase que gritando “aproveita que depois não vai poder mais nada”, a primeira coisa que eu pensei foi no arrependimento que eu tive de contar para algumas pessoas. Não contei sobre a cirurgia pra muita gente, só para a minha família, alguns amigos mais próximos e as pessoas que passam 8h do dia comigo. Além doque eu contei no serviço pra evitar fofoca e disse me disse.

Assim que a criatura falou isso ficou todo mundo falando sobre a cirurgia, foi a primeira vez que esse assunto ficou falado na sala, até então era só através de chat, discretamente, como eu gostaria que ficasse. Um dia eu explico porque eu prefiro deixar as coisas mais discretas possíveis no meu serviço. É uma longa e triste história que resultou em muitos problemas na minha vida.

Durante a conversinha eu escutei...

• Quantos metros de estomago vc vai arrancar?
• Nunca mais vc vai poder comer
• Vc vai ficar doente
• Vc vai passar mal sempre que comer
• Vc vai vomitar toda hora
• Nunca mais vc vai poder comer direito
• Vc pode ficar louca pq não vai mais poder comer
• Vc vai emagrecer e logo depois engorda tudo denovo com certeza
• Essa cirurgia não resolve nada
• Vai vai arrancar um pedaço grande do estomago?
• Vc vai ficar com cicatriz, não faz não.

Responder cada indagação, pergunta ou melhor.. absurdos desses foi um exercício de paciência, porque a cada uma eu tinha vontade de falar para eles irem se informar antes de afirmar qualquer coisa, pra não dizer a vontade de usar o nosso querido vai se fuder. Mas respondi educadamente cada uma delas.

Quando eu fui explicar que não se “arranca” nada um deles teve a cara de pau de falar que eu estava enganada. Hahaha..... santa paciência, se eu estivesse em uma mesa de bar eu teria sido baixa nessa hora, mas estava ali no trabalho.

É como eu tenho falado, passar por esse pré-operatório tem sido uma lição de paciência.

quarta-feira, setembro 02, 2009

Pneumologista

Aqui estou eu outra vez nessa coisa toda de consultas exames e médicos esquisitos. Um dia a mais é um dia a menos, em todos os sentidos.

Hoje eu conheci o hospital do coração de Brasília e vou te contar viu.... que lugar CHIC, que lugar bonito, que lugar bem decorado, que lugar supimpa. As pessoas sorridentes e bem informadas, as cadeiras mega confortáveis, enfim um lugar que me senti muito bem, parecia aqueles hospitais bonitões de filmes.

A consulta do dia foi pneumologista, um médico frio, rápido, seco, mas aparentemente competente e dedicado. Devia ta meio cansado porque n olhou muito pra mim e já estava bem tarde, mas acho que estou me tornando muito critica em relação aos médicos, também pudera... com tanta decepção eu já estou com o pé atrás com qualquer médico.

Ele me pediu 2 exames que quando eu entender a letrinha psicodélica dele eu coloco aqui do ladinho em “agenda pré operatória”, mas acho que é função pulmonar e RX. de tórax, preciso marcar esses exames rapidinho e fazer o retorno ao pneumologista.

Mudando ou não de assunto...

Eu to cansada... sei que eu reclamo demais desse pré operatório, mas eu to muito cansada e desanimada...

Vocês meninas que já operaram um BIG parabéns porque tenha a santa paciência, eu to quase surtando de tão cansada, ansiosa e revoltada. Só de pensar que eu ainda não tenho nem metade dos laudos me dá um trem ruinzão no coração.

Mas vamos que vamos... como disse no começo do blog esse processo todo vale a pena e faz parte da luta, além doque só de pensar que daqui uns 14 meses eu vou estar no meu peso normal, sem dores na coluna e sem mais desculpas para fazer certas coisas andarem na minha vida já me faz dar uma animada.

^^

terça-feira, setembro 01, 2009

Endocrinologista e Cardiologista

Não sei de onde tirei forças pra vir aqui hoje….

Tive um dia super cansativo correndo atrás de consultas e exames. Mas foi ótimo, estou sentindo as coisas progredirem um pouco.

O dia começou cedo, 6 da manhã tava de pé pra poder chegar as 7h no trampo e deixar as coisas em dia. Às 10h tive uma consulta do outro lado da cidade, fui muito mal atendida por uma cretina que disse que não sabia me explicar como chegar na clínica e eu discuti com ela no telefone perguntando se ela chegava lá abduzida por ETs.

Na boa, se você não gosta do seu emprego pede demissão porque trabalhar de má vontade é o cúmulo do absurdo, eu me sentiria uma vendida. Demorei muito pra encontrar a clínica por causa da má vontade dessa fulana, a consulta era do endocrinologista. Só depois que marquei esse medicou soube que ele não tava nem ai pro paciente que é só dizer que ta ali por causa do laudo que ele faz pouco caso de você elabora o laudo e te manda embora. Foi exatamente isso que ele fez. A consulta demorou exatamente o tempo dele redigir 6 linhas de laudo e me entregar. Eu fiquei de cara.

Tô começando a achar que não existe mais médico igual a época que eu era criança onde as coisas aparentemente eram levadas mais a sério, as vezes fico imaginando porque quando eu era criança eu sempre ia com minha mãe e a minha mãe é muito brava. Até agora com exceção do Dr Lucas (meu ex-cirurgião) eu não tive nenhuma boa consulta, não senti firmeza em nenhuma consulta que eu fiz. Estou chocada!

Pera lá...

Depois dessa consulta voltei ao trabalho, que a essa altura estava do ouuutro lado da cidade. Trabalhei corrido porque logo depois tinha mais uma consulta a do Cardiologista. Fui a essa consulta com minha mãe e pasmem... o médico foi um doce, perfeito, super educado, sério, compromissado, competente e interessado. Verificou TODOS os meus exames, todos os meus laudos, fez na mesma hora um eletrocardiograma e disse que achou muito estranho o tal endocrinologista não ter alterado meu remédio da tireóide e que era interessante eu procurar uma outra opinião de endocrinologia. Sai desse médico satisfeita e surpresa. Oque é um absurdo, o normal seria os médicos serem bons sempre e não em exceções como essa.

Tenho certeza que ainda existem bons médicos, mas vou te contar.... onde eles estão? Virou raridade, preciosidade. Se você tem um bom médico, seja lá qual for a especialidade dele prezem por ele porque a coisa tá feia.

O cardiologista pediu alem do eletro que fiz durante a consulta dele um ecocardiograma e o teste de esforço que vou fazer só no dia 11. Depois disso vou fazer um retorno com o cardiologista para ele me passar o laudo. Ele não me passou o MAPA para fazer porque disse que minha pressão estava muito boa, e é fato eu nunca tive alteração na minha pressão.

Amanhã eu tenho pneumologista, to rezando pra ele ser um bom médico como esse cardiologista.

Sei que nessa correria de ir pra consultas, trabalho, casa e tudo mais andei 85km só hoje.
Ainda deu tempo de resolver uns probleminhas da autorizaçao do psicólogo que começa essa sexta-feira.