quarta-feira, fevereiro 22, 2017

7 anos e dois meses de cirurgia bariátrica

Entao...

São 7 anos e dois meses de operada.
Minha vida realmente é outra, muitas histórias aconteceram nesse tempo, algumas delas eram totalmente dispensáveis e despropositais, mas ainda assim tirei o máximo de aprendizagem que pude. Gostaria de falar delas, trazer uma palavra de conforto pra quem passou pelo que eu passei, mas esse blog não foca nisso... o foco aqui é a cirurgia, o meu corpo, minha saúde.
Hoje estou com 66kg, são 6 kg a mais do que eu gostaria, mas é também exatamente 37kg a menos desde a cirurgia e ainda exatamente 39kg a menos desde a semana anterior a cirurgia.
Ë um bom saldo se vermos os números. Meu cirurgião, que vi há 2 meses, me elogiou. Estou com uma defasagem grande de algumas vitaminas, princípio de anemia novamente, ainda assim ele me elogiou, disse que sou um caso de sucesso.

Essas consultas medicas me parecem bem frias e me sinto pouco à vontade para dizer a ele que manter esse peso gera um esforço que eu não gostaria, acho que meu natural é realmente pesar 105kg e viver deitada no sofá. Sim estou meio deprimida.

O fato é que mesmo com 39kg a menos me sinto gorda, horrível... ainda assim eu não tenho animo suficiente para sair dessa inercia, meu médico disse que isso é consequência da falta de vitaminas que isso deixa a gente bem pra baixo, desmotivados e cansados. Inicie uma reposição de vitaminas há 2 meses e tenho visto alguns resultados, espero que dentro de pouco tempo eu recupere algumas das minhas motivações para mudar o que eu precisar.

O que eu preciso? Basicamente perder esses 6kg da maneira mais saudável possível e sei que é possível, pois consegui no final de 2015, cheguei aos 60kg, com uma alimentação corretíssima, musculação e suplementação... foi ótimo, mas os velhos hábitos me dominaram durante todo o ano de 2016, e durante exatos 12 meses recuperei 6kg. Triste, mas não desesperador.


Agora é focar novamente e recuperar o animo e a força de vontade.

3 comentários:

SORAYA disse...

Boa tarde, adorei ler seu post!! Combina comigo!
Eu tb fiz a cirurgia em 2012. Fiquei muito magra, mas ja recuperei alguns kgs!
tem hrs que me sinto gorda.Acho que me vejo gorda, mas do que sou gorda. Isso me stressa muito!!
Estou tentando fazer uma reeducação ...
vou te seguir pq gostei muito do que vc escreveu.
Espero conseguir. Que venha a segunda feira com foco e força!!!

SORAYA disse...

Boa noite!! Passando aqui para te desejar um fds bem focado!! E vamos a luta para perder esses kgs recuperados. Estive lendo suas postagens e vi que tinhamos o meu peso qdo operamos! Eu fiz a cirurgia dia 8 de março de 2012.
Não deixe de postar seus comentarios!! Com isso vamos apoiar e incentivar umas as outras. Muitas pessoas devem estar passando pelo que estamos passando agora.

Andréa Ilha disse...

Ah, fiquei tão triste de ler esta postagem de 2017! Eu não conheço a fundo como é passar por todo o processo de cirurgia bariátrica, cirurgias plásticas etc. Cheguei aqui por causa do texto sobre h. pylori e, de curiosa, resolvi dar uma lida na postagem deste ano.

Mesmo não tendo conhecimento desse assunto, penso que é preciso fazer um acompanhamento com psicóloga. Tu faz? Acho que ajudaria, porque autoestima não reside na visão que temos do nosso corpo. Mesmo que chegasse a 40kg, possivelmente ainda se sentiria muito gorda e muito mal. Autoestima tem a ver com o modo como, ao longo dos anos, recebemos e filtramos informações externas sobre quem e como somos, e o que fizemos com isso. Se, em algum momento crucial da tua vida, o que tu viu e ouviu te fez sentir que não tinha valor, isso pode ter sido registrado a ferro quente na tua alma. Nenhuma cirurgia removerá.

Mas, olha, quero te parabenizar muito. Parabéns por ter sido tão guerreira, tão tenaz durante todo esse longo tempo! Parabéns e muito obrigada, porque isso nos encoraja a ir além daquilo que dói, porque parece que nada é tão definitivo assim.

Forte abraço!